• Postado por Tiago

INTERNA-10-ABRE---g-dia-da-conciliação---eduardo-m-gallo-junior---231106-001

Gallo é o responsável pelo projeto em Itajaí

O projeto dos Postos de Atendimento e Conciliação (PAC), que leva a dona justa aos bairros de Itajaí, será ampliado neste ano. Além do posto no bairro Limoeiro ? que funciona desde 2006 no salão paroquial da igreja católica como projeto piloto ? os bairros Cordeiros e São Vicente também vão ganhar os postos avançados em junho.

Os PAC são um trampo do Tribunal de Justiça (TJ) em parceria com a Univali e a prefa de Itajaí, que cede o local e um barnabé pra agendar os atendimentos. No São Vicente e nos Cordeiros ainda não foi definido o endereço dos escritórios. Por enquanto, o povão dos bairros que necessita do auxílio da dona justa pode procurar o juizado de pequenas causas, que fica no prédio do antigo fórum, na avenida Joca Brandão.

O juiz Eduardo Mattos Gallo Júnior, responsável pelo projeto em Itajaí, explica que o atendimento nos PAC é apenas pra pequenas causas da área cível, como cobrança de pequenos valores, problemas no comércio em geral e acidentes de trânsito. ?A nossa palavra de ordem nesse projeto é a conciliação. A gente sempre orienta as pessoas a tentarem buscar um acordo?, disse o dotô.

Dois professores da Univali coordenam os postos e, até junho, seis acadêmicos do curso de direito serão escolhidos pra trabalharem nos locais em troca de uma bolsa de estudos. Pra concorrer às bolsas os estudantes precisam fazer um curso de capacitação, que começa já no próximo dia 26. Um edital foi publicado na página da Univali na internet (www.univali.br) e as inscrições limitadas pro curso terminam hoje.

  •  

Deixe uma Resposta