• Postado por Tiago

O pastor Valmir Cardoso, da Igreja de Deus da praia Brava, em Itajaí, se ofereceu pra dar uma mãozinha pro crente Milton César Castilhos, 29 anos. O rapaz sonha em ser missionário e chegou a pedir pra ir preso pra não dormir na rua, depois de ter levado um pé na bunda dos gideões. “Manda ele nos procurar na praia Brava”, disse o pastor ao DIARINHO, que quer encaminhar o moço pra tratar o vício das drogas.

Antes de ter ido parar no templo dos gideões em Camboriú, há pouco mais de um mês, Milton já tinha batido na porta do pastor Valmir. “Recebemos ele na nossa igreja, pedindo ajuda. Estava com problema de vício”, contou.

O rapaz passou duas noites dentro da igreja e acabou convencido pelo pastor a se internar numa clínica de recuperação, na Penha. “Chegando lá ele mostrou uma resistência inicial em querer ficar, porque queria um quarto individual”, conta o pastor, que pagou a conta da clínica. No dia seguinte, Milton largou o tratamento.

O pastor Valmir descobriu que o moço tava com os gideões e deu um plá com o rapaz. Milton disse que tava bem e queria ser missionário. O pastor explicou que ele tinha que passar por um longo processo pra realizar seu sonho. “Ele não cumpre regras”, comentou.

Não aceitou

Milton ficou agradecido quando soube da proposta do pastor Valmir, mas diz que não vai voltar pra igreja da Praia Brava. “Agradeço muito ele, mas vou continuar aqui. Vou lutar até o fim pela obra de Deus”, garante, teimando que quer ser missionário da Assembléia de Deus lá em Camboriú.

  •  

Deixe uma Resposta