• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA-PÁGINA-SEIS-p---prisao-do-pato---cesar INTERNA-POLÍCIA-P-AGINA-SEIS----p---prisao-do-pato---marcelo

Pato (D) e o amigo tavam fazendo a festa quando foram surpreendidos

A casa caiu pra dois ladrõezinhos conhecidos de Bombinhas. Marcelo Camargo de Matos, 32 anos, o Pato, e César Roberto Schlichting Schmidt, 24, foram grampeados no início da noite de sexta-feira. A prisão rolou depois que os meganhas perseguiram a dupla por quatro cidades. O atraque começou na praia de Quatro Ilhas, em Bombinhas, e só terminou em Balneário Camboriú.

Pato e seu coleguinha foram flagrados fazendo a limpa na casa de A.R.N., 32. A mulé chegou à casa 450 da avenida Ilha do Arvoredo, e deu de cara com a dupla.

Os sujeitos arrombaram a porta da frente e faturaram um aparelho de DVD, um computador, aquecedor de ambiente, joias e bijuterias.

Os dois já tavam até se preparando pra fazer uma serenata com o violão e a guitarra que também separaram pra levar da baia. Os ladrões cataram também as roupas e os trajes de mergulho dos moradores da casa.

Quando estava tudo separadinho, a vítima deu o flagrante e os bandidos preferiram dar o pinote. Os mequetrefes fugiram sem levar nada, a bordo do Vectra, placa MDM 5224 (Camboriú).

A polícia militar, que foi chamada pela vítima, pintou pouco depois do crime e colou na rabeta do carango. Uma baratinha dos milicos de Balneário, que estava no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Itapema, perseguiu o carro suspeito até a entrada do bairro São Judas Tadeu, na Maravilha do Atlântico Sul.

Pato e César ouviram o teje preso e foram levados pra delegacia. Como foram reconhecidos pela vítima, a dupla foi parar atrás das grades por tentativa de furto. Marcelo é figurinha carimbada dos fardados de Bombinhas e é apontado pelos tiras como sendo um dos maiores invasores de residência daquela área.

Pra piorar, o Vectra usado na fuga tava com licenciamento atrasado. Pato contou que pegou o carango emprestado de um camarada, que nem sabia do rolo. Por estar sem a documentação, o veículo ficou grampeado no pátio dos homisdalei de Balneário. Pra retirar o carro, o propritário vai ter que colcoar a papelada em dia e ainda explicar pra polícia porque tinha emprestado o possante.

  •  

Deixe uma Resposta