• Postado por Tiago

INTERNA_12_joel-toigo-desaparecido_reprodução

Joel Toigo tava há dois meses na cidade

O pedreiro Joel Toigo, 30 anos, desapareceu domingo e não deixou pistas pra família, que tá apavorada. O trabalhador desapareceu por volta das 4h do cu da madruga no interior do clube Kubanacan, que fica nos Cordeiros, em Itajaí.

O irmão adotivo de Joel, Nelson Natalício Teixeira, 24, disse ao DIARINHO que o rapaz estava com quatro amigos de Cafelândia/PR, sua cidade natal. Os amigos contaram que reviraram o clube e não encontraram Joel. Acabaram desistindo e indo pra casa porque acharam que ele poderia ter ido embora sem avisar ou mesmo se enrabichado com alguma piriguete.

O curioso da história é que o pedreiro deixou o carro no bailão. Os amigos foram nas delegacias da cidade, hospital e até no instituto Médico Legal (IML) e nada de encontrá-lo, conta Nelson. Desde domingo o mano tá ligando direto pro celular do irmão, que só cai na caixa de mensagens.

Nelson não faz ideia de onde o irmão foi parar. Joel tava há apenas dois meses em Itajaí, tinha pouquíssimos amigos e ninguém sabe de nenhuma mulher com a qual estivesse saindo. Nelson garante que o irmão não é de encher a cara e que nunca soube do envolvimento dele com drogas.

A família fez um boletim de ocorrência policial na terça-feira e continua em busca de informações. Quem souber do paradeiro de Joel Toigo pode falar com o irmão dele pelos celulares (47) 9977-6910/ 8862-2729

  •  

Deixe uma Resposta