• Postado por Tiago

INTERNA-10-ABRE---g---detonação-pedra-binário-(6)

Retroescavadeira ajudou na remoção do pedregulho

Quatro explosões mandaram pelos ares, ontem, uma baita pedra na subida do morro do Cristo Luz, em Balneário Camboriú. Foram usadas nada menos que 70 minas de dinamite na detonação. A área onde tava a bruta vai dar passagem ao binário da avenida do Estado.

O técnico responsável pelas explosões, Zileu da Silva, contou que o trampo não foi dos mais fáceis. A rocha detonada tava oito metros pra baixo da terra e tinha mais de três bilhões de anos. Foi preciso furar o pedregulho em alguns pontos pra instalar as bananas de dinamite. A cada explosão, uma baita retroescavadeira jogava barro pra cima do pedrão, pra evitar que os destroços voassem pela rua.

A quantidade de explosivos e a intensidade de cada explosão foram calculadas, pra que a terra não tremesse e rachasse as casas que tão ao redor, ou fizesse o Cristo rolar morro abaixo. ?Locais que são habitados sempre são mais difíceis de trabalhar. É preciso ter muito cuidado?, contou Zileu.

Mesmo assim, as explosões deixaram a vizinhança cabreira. Dois moradores da baia que fica bem ao lado da rocha subiram num muro e acompanharam tudo de pertinho. Já a estudante Jéssica da Silva, 17 anos, preferiu ficar trancada em casa enquanto a peãozada trampava. ?Sempre dá medo, ainda mais quando a gente ouve o barulho da explosão?, contou.

O secretário de obras, Valmir Pereira, explicou que na área onde tava a pedra será feito um elevado pra cruzar o binário com a subida do morro. O próximo passo da empreitada é a abertura da avenida Panorâmica, que desemboca na avenida das Flores. Ele calcula que o primeiro trecho da obra fica pronto em sete meses.

  •  

Deixe uma Resposta