• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE-PAG-21---handebol-itajai-e-forquilinha---foto-Felipe-VT-012

Meninas de Itajaí não deram chances às rivais

Textos Anderson Bernardes

Fotos Felipe VT

De Chapecó

As coxudas do handebol peixeiro confirmaram o favoritismo e venceram, na noite de ontem, a equipe de Forquilhinha pelo placar de 27 a 19. O jogo, que rolou no ginásio da Sadia, foi mais difícil do que se previa e as meninas de Itajaí só conseguiram abrir vantagem no segundo tempo. A primeira etapa terminou com diferença de dois gols pro time de Itajaí.

Mesmo passando sufoco antes do intervalo, as peixeiras comandaram o placar o tempo todo. Forquilhinha saiu na frente, mas logo na sequência Itajaí virou pra 2 a 1 e não deixou mais a ponteira escapar. Errando muitos passes e finalizações, as itajaienses só conseguiram abrir uma diferença de dois gols até o relógio marcar 20 minutos.

Faltando 20 segundos pra acabar o primeiro tempo, a armadora Patrícia marcou 13 a 10 e abriu a maior vantagem do jogo até então. Mesmo com a gritaria da comissão técnica na beira da quadra, o time não conseguiu manter a vantagem até o apito final do primeiro tempo. Tomou um gol numa jogada individual da equipe de Forquilhinha e foi pro intervalo com o placar de 13 a 11.

Abrindo vantagem

O segundo tempo começou com dois gols seguidos de Itajaí e parecia que a coisa ia finalmente deslanchar. Kátia e Leonari mandaram a bola pro fundo das redes e deixaram as peixeiras quatro gols à frente. Mas Forquilhinha voltou a incomodar e reduziu novamente a diferença pra dois, com uma cobrança de sete metros ? o pênalti do handebol.

Na sequência, o jogo ficou ainda mais truncado e cada equipe teve um sete metros a seu favor. Itajaí cobrou em cima da goleira adversária e o time de Forquilhinha também desperdiçou a chance, carimbando a trave.

Então a ponta Ketlin entrou no jogo, marcou duas vezes por Itajaí e voltou a deixar a diferença em quatro gols. A vantagem deu certa tranquilidade ao time peixeiro, que passou a trabalhar melhor a bola e abrir folga no placar. Aos 23 minutos do segundo tempo, com dois gols seguidos da ponta Gabriela, as meninas fizeram 24 a 17.

Aos 29 minutos, a goleira Gabriela defendeu uma cobrança de sete metros, quando o placar eletrônico já marcava 25 a 19, e Forquilhinha empacou de vez. No último minuto, a armadora Marcela recebeu a bola num contra-ataque, passou por duas adversárias e fez um golaço. Pra fechar de vez o caixão das forquilhenses, as peixeiras roubaram a bola, a central Amanda ficou sozinha com a goleira adversária e não perdoou: 27 a 19.

As peixeiras voltam à quadra na noite deste sábado, contra as donas da casa, e pegam Concórdia no domingo.

  •  

Deixe uma Resposta