• Postado por Tiago

CONTRA-BAIXO---s---itajaiense-Lucas-Branquinho-da-Fonseca---atleta-de-esqui---divulgação

Lucas Branquinho nunca tinha esquiado, mas voltou da Argentina com dois títulos na bagagem e sonhando com Olimpíadas

Nem futebol, surfe ou qualquer outro esporte popular no Brasil. O itajaiense Lucas Branquinho da Fonseca, de 17 anos, acaba de voltar a Itajaí com dois títulos conquistados no 7º Campeonato Brasileiro de Cross Country Esqui, competição realizada pela Confederação Brasileira de Desportos na Neve. Como aqui não tem neve, as disputas do torneio brazuca rolaram na vizinha Argentina, na cidade de Ushuaia, nos dias 16 e 17 deste mês.

Mesmo sendo sua primeira experiência na neve, Lucas não quis nem saber e venceu as provas de esqui clássico, onde os esquiadores percorrem 21 quilômetros entre retas, descidas e subidas, e a prova de velocidade, que o atleta percorre 1,5km. Os dois ouros foram na categoria aspirante. ?A gente nunca tinha esquiado e fomos lá pra conseguir entrar nesse novo esporte. Ficamos 20 dias treinando lá com atletas olímpicos?, conta Lucas, que deixou 65 adversários pra trás na prova maior e outros 15 na mais rapidinha.

Como parte do treinamento, Lucas pratica patinação artística no Clube Rodas de Ouro, de Itajaí, e de Cross Country Esqui, na equipe Papa Léguas, de Brasília, que ele representou na Argentina. ?Eles estavam precisando de patinadores com físico bom pra aguentar a competição e fui chamado?, diz Lucas, atual campeão catarinense de patinação artística de duplas.

Olimpíadas de 2014

Como a primeira vez na neve foi inesquecível pro peixeiro, agora a ideia é participar das Olimpíadas de Inverno de 2014, na Rússia. Com isso, Lucas vai pra Suíça em dezembro, ficar três meses treinando pra se adaptar ao novo esporte. ?Queremos montar uma equipe mais nova pra ter substituto pra equipe adulta. Então pretendemos montar um time pra tentar as Olimpíadas de 2014?, fala o carinha.

Mas como o ?passeio? custa caro, Lucas busca apoio financeiro junto com sua mãe e treinadora Jussara Branquinho. ?A gente pensa numa renovação e agora é procurar quem sabe pra ensinar direitinho. Não é porque não temos neve que não podemos competir?, diz Jussara, que ficou surpresa com as conquistas do filhão.

  •  

Deixe uma Resposta