• Postado por Tiago

Chegou ao fim a participação dos itajaienses no Oakley Pro Junior. As oitavas-de-final nesta sexta-feira foram disputadíssimas, principalmente na bateria de Jonatan Busetti que enfrentou Miguel Pupo (SP). O surfista de Itajaí somou 11,13 pontos, insuficientes para vencer Pupo, que marcou 12,73 pontos.

Já a bateria de Mateus Navarro foi ainda mais difícil. Ele precisou enfrentar Jadson André, vice-campeão no último Mundial Pro Junior da ASP na Austrália. Jadson finalizou a disputa com um aéreo e ganhou a maior nota do campeonato: 9, 93 e é o recordista absoluto do Oakley Pro Junior.

Neste sábado, rola a final do campeonato. Apenas quatro surfistas ficaram para decidir o título. O potiguar Jadson André enfrenta o paulista Miguel Pupo na segunda semifinal e quem passar enfrenta o vencedor do confronto que abre o sábado decisivo, entre o catarinense Alejo Muniz e o outro paulista, Jessé Mendes.

O campeão brasileiro fatura o prêmio de nove mil reais e os dois finalistas classificam-se para o Oakley Global Challenge, competição especial em Bali reunindo surfistas de sete países: Brasil, Austrália, Estados Unidos, França, África do Sul, Japão e Indonésia, com quatro convidados da Oakley completando a lista de dezoito participantes. Por ter sido vice-campeão no último Mundial Pro Junior da ASP na Austrália, Jadson André já tem uma das vagas de convidado garantida e só compete em Itajaí pelo título brasileiro.

  •  

Deixe uma Resposta