• Postado por Tiago

O traficante Luiz Carlos dos Passos, 36 anos, o Pelézinho, foi baleado na madrugada de ontem, na rua Ministro Luiz Galotti, bairro São Vicente, Itajaí. O traste que já tem passagem pela polícia levou três tiros. Dois balaços ficaram cravados no peito de Pelézinho e outro pegou no braço. O traficante foi socorrido por uma ambulância do Samu, levado para a internação do Marieta e seu estado de saúde é considerado crítico. Essa foi a segunda vez que Pelézinho viu a morte de perto, mas conseguiu se livrar. No dia 19 de dezembro de 2005 um pessoal já tinha tentado mandá-lo pro outro lado da vida.

Próximo ao local da tentativa de assassinato foi encontrado a moto, placa MDU 8756 (Penha), que estava com registro de furto do dia 17 de novembro. A puliça desconfia que os caras que atiraram no Pelézinho chegaram montados na cabrita, apertaram o gatilho em direção a vítima, mas resolveram deitar o cabelo a pé. A vizinhança jura de pé junto que não viu nada, apenas ouviu os tiros e correu pra chamar os vermelhinhos.

Bastante conhecido da polícia, Pelézinho fazia parte de uma família que tá enrolada até o pescoço com o tráfico de porcarias. O irmão mais novo do malacabado, Anderson dos Passos, por exemplo, chegou a ser preso acusado de tráfico de drogas, mas está fora da jaula. Além do envolvimento com o tráfico de porcaria, Pelézinho é acusado de aplicar golpes em Itajaí e região com seus dois comparsas. A polícia realizou diversas rondas na região, mas não encontrou nem sombra dos atiradores.

  •  

Deixe uma Resposta