• Postado por Tiago

PAGINA-10-ABRE---obras-cadeiao-presidio-canhanduba-(3)

Obra que era pra ficar pronta em 2008 mal começou

Devem ter enterrado uma baita cabeça de burro embaixo da obra do presídio que receberá os presos de Itajaí, Balneário Camboriú e Camboriú. Pela previsão do engenheiro responsável pela construção, o complexo só deverá ficar de pé no fim do ano que vem. O anúncio rolou durante reunião da comissão que fiscaliza a obra.

Um dia depois do pente-fino feito no abarrotado cadeião peixeiro, em que foram recolhidos celulares e estiletes, o diretor de planejamento da Secretaria de Segurança Pública (SSP) da Santa & Bela, o engenheiro José Carlos Muller Filho, se reuniu com os integrantes da comissão que fiscaliza a obra da penitenciária das três citys. Informou que a construção da jaula que aliviaria a situação na região só deverá ficar pronta no fim de 2010.

Embora pareça péssimo, Muller afirma que até tá sendo otimista se for levar em consideração o tanto de obra que precisa ser feito. ?Precisa ser feita toda a obra. O que foi feito lá foram só as áreas de colocação de cela?, explica. Os peões das empresas Espaço Aberto e Verde terão que correr contra o tempo pra fazer a fundação, toda a estrutura sanitária e de paredes.

O engenheiro só soltou o prazo pra término da obra porque a Caixa e o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) autorizaram essa semana a retomada da construção. Com isso, a Caixa abriu a mão e liberou parte dos R$ 18 milhões. Agora Muller pretende se reunir com os responsáveis pelas construtoras pra definir as datas limites pra cada etapa da obra.

A penitenciária começará superlotada, já que terá vaga só pra 360 detentos. A construção era pra ter terminado em 2008. No entanto, tá mais lenta que tartaruga manca. Já teve rolo com o terreno, a energia foi cortada por falta de pagamento e até os peões deixaram de aparecer por não receberem a bufunfa.

A galera do governo do Estado mete a culpa nas costas da Caixa, que é cheia das exigências e cobrou de um tudo pra liberar a graninha. Também rolou um impasse com a documentação, já que foram licitados dois editais pra obra que tratavam de assuntos diferentes. Um definia a construção da estrutura e outro da compra das celas. Depois de muito rolo, a treta foi resolvida e agora a obra pode continuar.

Vereadores e barnabés integrantes da comissão prometem continuar cobrando andamento na construção pra evitar que a obra estacione de uma vez. A próxima reunião da comissão rola dia 30 de setembro.

Delegacia emperrada

Já a obra da delegacia do bairro Monte Alegre, em Camboriú, está mais emperrada que jegue teimoso. O engenheiro Muller não tem nem previsão de quando vai sair a grana pra obra. A Caixa já deu o sinal verde, mas o pessoal ainda aguarda o parecer do TCE, que poderá sair ainda essa semana.

  •  

Deixe uma Resposta