• Postado por Tiago

Cara caiu de uma altura de 12 metros, quando trampava no Cidade Nova

Peão não usava equipamento de segurança e morreu na hora

Ontem foi o último dia de trabalho de Israel Severino, 32 anos. Ele trabalhava na construção de um galpão, quando se desequilibrou e caiu de uma altura de 12 metros. Os colegas de trampo de Israel ficaram tão desesperados que tiveram que ser retirados do telhado do galpão pelos vermelhinhos, que pintaram na avenida Abraão João Francisco, a Contorno Sul, em Itajaí. Nenhum dos três trabalhadores usava equipamentos de segurança.

O acidente rolou por volta das 15h, quando Israel trabalhava na construção de um galpão, na entrada do bairro Cidade Nova. Ele tava no telhado com Jaimor Kaler, 43, e José Ferreira Camargo, 44, quando despencou.

O coitado caiu no interior do galpão e por pouco não acertou outros peões que trampavam ali dentro. Como não usava equipamentos de segurança, nada evitou a queda. O impacto foi tão forte que o coitado morreu na hora.

Após presenciar a cena, os colegas de trampo de Israel ficaram com medo de descer. Os vermelhinhos tiveram que resgatá-los. ?Por imprudência, muitos peões estão morrendo. Nenhum dos três rapazes estava usando equipamento de segurança, fomos obrigados a retirar os outros dois, pois eles estavam chocados com o que aconteceu?, contou o sargento Walle, que atendeu a ocorrência.

O bombeiro contou que Israel caiu de uma altura de 12 metros e teve traumatismo craniano. O corpo foi recolhido pelo instituto Medico Legal (IML), onde passou pela necropsia. Israel morava em Itajaí e deixou quatro filhos.

  •  

Deixe uma Resposta