• Postado por Tiago

O peão Osmar do Belém Machado, de 33 anos, conseguir dar um drible na morte na tarde de ontem, numa construção onde trabalhava, na rodovia Antonio Heil, em Itajaí, bem próximo à Frigovale e ao trevo de Brusque. O terreno cedeu e o coitado ficou soterrado.

O trabalhador e mais três companheiros tavam cavando um buraco de cerca de três metros de profundidade e quatro de largura, para colocar quatro vigas que fazem parte da estrutura dos galpões que tão sendo construídos no local, quando acabou sendo soterrado.

Osmar foi parar embaixo da terra, mas os bombeiros agiram rápido e conseguiram tirar o cara da lama. Eram mais ou menos 15h de ontem quando os vermelhinos chegaram ao local. Os colegas de Osmar já tinham removido parte da terra, senão o coitadinho teria desencarnado. De acordo com o soldado Gilmar Renê Gessner, a dificuldade foi para imobilizar o rapaz que estava dentro do buraco, já que tinha indícios de fraturas.

Dez pessoas, entre bombeiros e funcionários da obra, ajudaram a retirar o peão do buraco e encaminhá-lo ao hospital Marieta Konder Bornhausen. O cara saiu do acidente com uma perna quebrada e a cara toda lanhada.

As obras, de acordo com o soldado, estão sendo feitas pela construtora Metisa. O DIARINHO tentou entrar em contato com o encarregado da empresa, que não quis saber de papo e desligou o telefone na cara da repórter.

  •  

Deixe uma Resposta