• Postado por Tiago

A jovem dona de casa Bruna Elize, 21 anos, que mora na rua João Fernandes Vieira Júnior, na Fazenda, em Itajaí, reclama que tá há duas semanas sofrendo com a falta d’água. Bruna desce a lenha na peãozada do serviço Municipal de Água e Saneamento (Semasa). “Eles tão tratando o povo feito lixo”, alfineta.

Bruna mora numa quitinete no final da rua, quase no começo de um morro. Para ela, as inacabáveis obras feitas pelo pessoal do Semasa na comunidade é a razão do problema. “Eles mexem muito na rua. Aí quando a gente telefona pra reclamar, eles ainda falam que o problema é na minha casa”, conta, indignada.

Por conta da falta de água, a dona de casa diz que tá com um montanha de roupa suja acumulada. “Ainda mais aqui, que é quitinete e não tem como lavar as roupas direito”, bufa.

A peixeira ironiza a situação, dizendo que daqui a pouco o pessoal do bairro Fazenda vai voltar no tempo e lavar roupa a mão e nos rios da cidade.

O que diz a Semasa

Murilo da Conceição, assessor de comunicação do Semasa, afirma que na Fazenda tão rolando duas situações que provocam o problema. Uma delas é que alguns pontos da rua tão com baixa pressão de água porque o sistema tá passando por melhorias. “Talvez a João Fernandes se encaixe nessa situação. Isso deve ser resolvido até o primeiro semestre do ano que vem”, prometeu.

Outro problema tá relacionado às obras de esgoto no bairro. Às vezes o cano de água rompe e os moradores ficam duas ou até três horas sem fornecimento, explica Murilo. O bagrão do Semasa sugere ao povão sempre economizar e ter caixa d’água em casa.

Como reclamar

O número pra reclamar no Semasa é o

0800-645-0195.

  •  

Deixe uma Resposta