• Postado por Tiago

Depois da chapa vencedora da eleição do Conselho Tutelar de Balneário Camboriú ter sido cassada pela dona justa por suspeita de envolvimento com o governo municipal, o prefeito Edson Periquito (PMDB) resolveu se manifestar. O homem-pássaro enviou comunicado à imprensa garantindo que jamais meteu o bedelho na escolha dos conselheiros.

O rolo começou quando o Ministério Público denunciou a chapa Braços Abertos, que ficou em primeiro lugar, porque teria rolado boca-de-urna e caronas pros eleitores durante o pleito. Além disso, o MP acusa que a maior parte dos conselheiros eleitos tem o rabo preso com a administração municipal. No processo constam nomes de barnabés que ajudaram a chapa chamando os chegados pra votar e que desembolsaram grana pra dar uma mãozinha na campanha.

Diante disso, a juíza Sônia Moroso, da vara da infância da city, resolveu dar a vitória pra chapa dois, que tinha ficado em segundo lugar. Os novos conselheiros vão passar por curso preparatório e assumem o posto no dia 16 de outubro.

Lavou as mãos

Periquito garantiu ter proibido o uso de bens públicos pra ajudar qualquer uma das chapas e garantiu que jamais sugeriu qual deveria ser o voto da barnabezada. Mas disse que não pode proibir que os funcionários da prefa apoiem quem bem entenderem. O prefeito lascou ainda que os quatro barnabés citados pelo MP por ajudarem a chapa um não representam a maioria. “São mais de quatro mil no total, ou seja, a participação destes poucos funcionários demonstra claramente a não mobilização da prefeitura no pleito”, justificou.

  •  

Deixe uma Resposta