• Postado por Tiago

Essa é a terceira vez que o prefeito-ave passa mal nos últimos meses

O prefeito da Maravilha do Atlântico, Edson Periquito (PMDB) vai ter que apelar pra reza braba pra afastar a urucubaca. Ontem à tarde, ele passou mal quando atendia o povão em seu gabinete e precisou ser levado às pressas pra uma clínica. Em menos de um ano, esta é a terceira vez que o homem-pássaro tem um piripaque.

A assessoria de imprensa da prefa confirmou que Periquito não passou bem. ?Ele tava com tonturas. O doutor Spósito (secretário da saúde) chegou a medir a pressão dele, que tava alta?, contou o mandachuva da comunicação, Rafael Weiss.

O prefeito foi levado até a clínica Camboriú pelo secretário de segurança Nilson Probst (PMDB). Depois de passar por uma consulta, acabou liberado. ?Ele nem precisou ficar internado, foi pra casa em seguida?, contou Rafael.

A causa dos sustos que o prefeito costuma dar em sua equipe de governo seria um problema de coração, que ele não revela nem que a vaca tussa. Os piripaques começaram em novembro do ano passado, quando o homem-pássaro viajava a Brasília. Ele teve um infarto e precisou ser internado às pressas.

Menos de 10 dias depois de ter assumido a cadeira mais estofada dos altos da rua Dinamarca, o prefeito saiu de cena por alguns dias. Ele se afastou da prefa e deixou o cargo nas mãos do vice-prefeito Cláudio Dalvesco (PSB) pra fazer exames médicos.

No final de janeiro, um novo treco pegou Periquito de surpresa. Dessa vez, ele teria se sentido mal ao saber da morte do amigo Nelson Japonês, que tinha acabado de assumir a direção do departamento de fitoterapia da prefa.

Um mês depois, o prefeito-ave deixou novamente o cargo por uns dias, dessa vez pra se tratar. Ele anunciou que se ausentaria da prefa pra cuidar da saúde, mas fechou o bico e não contou nem onde, nem de que tipo de problema queria se livrar.

  •  

Deixe uma Resposta