• Postado por Tiago

SEGUNDA-10-g---vento-floripa---foto-rubens-flores-19nov09-(1)

Floripa sofreu com o vendaval e a chuva

Uma ventania de mais de 80 quilômetros por hora, que veio do Rio Grande do Sul, deixou um rastro de destruição por todo o litoral catarinense. No início da noite de ontem, moradores do Pântano do Sul, região sul da ilha de Floripa, confirmaram que uma onda gigante quase engoliu a praia.

?Tenho mais de 40 anos morando aqui e jamais vi algo parecido. Foi uma onda que veio e parecia uma cena que vi no tsunami. A onda veio e foi aquela correria. Eu nunca vi. Tá todo mundo em alerta. Teve um monte de barco quebrado. Tá uma calamidade?, conta Amarildo Amante, pescador e dono de um dos restaurantes mais tradicionais daquela região.

Amarildo diz que a coisa foi muito feia. ?Entrou água por todos os lados e estamos tentando agora ajudar uns aos outros pra tentar recuperar o que sobrou. Barcos foram perdidos e foi a primeira vez que a água chegou às nossas casas?, afirma.

Até o início da noite, a defesa civil de Floripa ainda corria pra tentar atender a todos os chamados. A ventania derrubou algumas árvores, placas e atrapalhou até a travessia nas pontes que ligam a ilha ao continente. Várias pessoas ficaram sem luz e também sem acesso à internet por conta de fios que foram rompidos com a força da ventania.

Até às 18h, a Celesc confirmava que 11 alimentadores tiveram que ser desligados e 75 mil casas tavam sem abastecimento de luz. O estrago foi verificado também no centro da cidade e na Lagoa da Conceição. Cidades da Grande Floripa também ficaram às escuras.

  •  

Deixe uma Resposta