• Postado por Tiago

A chuvarada de hoje deixou a pista escorregadia na BR-101 e provocou acidentes na região. Por sorte, apesar dos estragos nas carangas, os motoras saíram sãos e salvos.

A barbeiragem começou de manhã cedo, quando uma mulé que seguia de Tijucas pra capital manezinha sistrepou. Elisa Maria Medeiros pilotava o Fiat Idea, de placa MGL-1534, quando o possante deslizou na água que se acumulava na pista, na altura do quilômetro 172, e acabou capotando. Apesar do carro ter ficado bem judiadinho, a motorista só teve uns lanhados.

Horas depois foi a vez de João Cecílio da Costa se envolver num porradaço. O cara, que dirigia a caminhonete S-10 de placa LYG-4162, quis voar baixo nas curvas do morro do Boi, entre Balneário Camboriú e Itapema, e por pouco não se lascou.

Ele saiu da pista e deu de fuças no paredão de pedra que passa ao lado da rodovia. Por sorte, o cinto de segurança, que tava bem preso, protegeu o motora, que não sofreu nem um arranhão.

Já a comerciária Tânia Regina Maro, 40 anos, não teve tanta sorte quanto os motoras, que apesar de se envolverem em acidentes feiosos acabaram se safando. A coitada teve um traumatismo craniano grave depois de ter sido atropelada, em Itapema, há nove dias, e lutava pra sobreviver.

Tânia tava internada na unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital Santa Inês, na Maravilha do Atlântico. No domingo à noite, não resistiu e acabou passando dessa pra uma melhor. Ela foi enterrada hoje em Itapema.

  •  

Deixe uma Resposta