• Postado por Tiago

“Ao comandante da polícia militar de Itajaí, com respeito ao abuso de autoridade imposto pelos policiais e aos cidadãos itajaienses, quero por meio desta carta relatar com indignação a falta de preparo e instrução destes que se denominam policiais militares.

Primeiro, nos tratam como vagabundos sendo que somos em grande maioria trabalhadores tratados como cães e eles nossos adestradores, sendo um mau exemplo até para as crianças que antes os respeitavam e hoje têm medo deles.

Vejam vocês, no dia 1º de maio, dia do trabalhador, fizeram batidas em todos os bares de Itajaí, como se fossem os donos do mundo. Policial que se diz policial tem que estar nas ruas combatendo o crime organizado, assaltos, roubos e todo o tipo de ilegalidade que possa prejudicar a nossa comunidade.

A lei precisa ser cumprida de forma séria, sem corrupção e favorecimento de outras pessoas (…).”

Ass: D.H.S.

(Transcrito ipsis litteris)

  •  

Deixe uma Resposta