• Postado por Tiago

INTERNA_7_abre-direita---desmanche-do-bili-_divulgação

As cabritas eram roubadas por dimenores, que ganhavam 300 contos pra fazer o serviço

Os dias de malandragem acabaram para Eduardo Luiz Badwin Conceição, 19 anos, o Bili, que mora em Camboriú. Ele é o chefe de uma gangue que roubava e desmanchava motos. O cara caiu junto com a sua trupe pelas 11h de sexta-feira, na rua Monte Fuji, bairro Conde Vila Verde.

A polícia militar foi até o desmanche depois uma denúncia anônima. Lá encontrou três cabritas Yamaha YBR-125 roubadas, que estavam sendo desmanchadas. Quando os homidalei chegaram ao local, uma motoca estava sendo desmontada e as outras duas recebiam as peças. Na baiuca foi encontrado ainda um motor com numeração falsificada.

Bili foi preso junto com os comparsas Cirlei Conceição, que seria o braço direito de Bili, Antonio Luiz Soares e Edson Martins, que estavam na área metendo a mão na massa. Todos foram levados pra depê de Camboriú. Eles vão responder à dona justa atrás das grades. Junto com os trastes, foram as peças das motos roubadas.

Os tiras contam que Bili pagava 300 pilas pra dimenores furtarem as motocas. Era assim que o seu desmanche bombava.

  •  

Deixe uma Resposta