• Postado por Tiago

Caranga tava sendo adulterada quando a polícia chegou na oficina

Os policiais militares de Itajaí prenderam ontem, no começo da noite, o mecânico Marcos Antônio da Silveira, 39, na rua Galdino de Borba, no bairro Cordeiros. Com a prisão, podem ter descoberto um esquemaço de clonagem de carangas que tava rolando na cidade.

O malaco trabalhava pra Jean Roberto Neves, que chegou em casa quando a polícia o visitava. O espertalhão deu no pé e deixou a batata quente com o companheiro de trabalho. Quando os milicos chegaram à oficina, Manoel tava adulterando o chassi do Punto, placa MGO 8881 (Florianópolis). No local também tava a moto chiquetosa, placa MCC 8072 (Itajaí), que conforme a polícia também é clonada. No galpão da oficina, os homis encontraram mais uma renca de possantes, que foram levados para o pátio da delegacia para passar por uma perícia técnica. Os tiras querem identificar se os carros também são clonados.

A polícia chegou até os malacos depois que recebeu a denúncia que a oficina vinha servindo de endereço para a clonagem de carros. As primeiras pistas pintaram no batalhão há uns seis meses, mas somente agora o pessoal da polícia militar conseguiu surpreender os mequetrefes.

Os milicos suspeitam que o dono da oficina tá envolvido até o pescoço com o roubo de carros que tá rolando em Itajaí. Eles não descartam a possibilidade do malaco também estar enroscado com a onda de assalto a motoristas, que perderam as carangas em terras peixeiras.

  •  

Deixe uma Resposta