• Postado por Tiago

A polícia Militar da Santa & Bela vai distribuir os 100 bafômetros que tão empacados em Brasília há um mês pra atender os casos de motoras que insistem em dirigir bebuns e acabam fazendo merda pelaí. Dois policiais foram à Brasília e devem voltar na sexta-feira com os equipamentos comprados pelo Ministério da Justiça. Os trecos ajudarão na fiscalização da lei seca, que completa um ano no dia 19 de junho.

Segundo o capitão Ricardo Alexandre Silva, assessor de imprensa do comando geral da PM, a falação de que a polícia fez pouco caso pra retirar os bafômetros na capital federal não procede. Ele garante que há duas semanas, quando houve a confirmação da liberação dos aparelhinhos, já começaram a arrumar os papélis pra trazer a carga pra Santa & Bela.“O produto é considerado material bélico e precisávamos de autorizações, liberação de veículos e financeira para que os policiais pudessem fazer o deslocamento”, explica.

O capitão Ricardo diz que após a divulgação da chegada dos bafômetros, várias cidades já pediram o treco. “A polícia militar rodoviária, que é um braço da PM e que faz a fiscalização das estradas, não precisa de bafômetros. Todas as unidades têm o equipamento. Estes que irão chegar serão distribuídos para uso na fiscalização dentro das cidades”, revela o policial.

A polícia ainda não definiu pra quais cidades os bafômetros serão mandados, mas Floripa, Balneário Camboriú, Itajaí, Joinville e Blumenau devem receber os caça-bebuns. “Assim que os equipamentos chegarem eles serão cadastrados e em seguida distribuídos”, encerra o capitão.

Tá faltando

Nesta leva de novos canudinhos o município de Barra Velha também deve receber bafômetros. Ela é a única cidade da região que não tem o treco pros bebuns darem uma baforada. Atualmente, quando os milicos precisam usar o equipamento, pedem emprestado à polícia rodoviária federal ou aos policiais de Piçarras e Penha.

  •  

Deixe uma Resposta