Warning: array_keys() [function.array-keys]: The first argument should be an array in /home/diariblogftp/html/wp-includes/widgets.php on line 1044
Pão picante é um verdadeiro must do Sul maravilha! | Diarinho - Diário do Litoral
 
  • Postado por Tiago

dese-dona-fausta-pão-picante-gigante

Fausta foi atrás das origens do prato mais pop das festas peixeiras e descobriu que ele faz parte da vida de muita gente

Olá, rapaziada deste litoral conturbado. Que avaria que rolou no porto de Navega, vocês viram?! Lá da minha laje, na Caninana, dava pra ver o céu pintado de preto por causa do fumacê. E olha que a caixa de gelo carésima não tinha nem um ano de funcionamento. Que perigo para quem mora nas redondezas! Ô Nossa Senhora dos Navegantes, dá um help pra essa bacia portuária que tá zicada, fia! Quando não é a água é o fogo. Vamos se benzer!

Já eu, do lado de cá da vala, tava às voltas na pesquisa sobre o pão picante, um prato que, ao lado do empadão, está presente em 10 de 10 festas de aniversário, batismo e comunhão peixeiros. Mas, ao contrário do empadão, não achei uma linha a respeito das origens deste prato na surfadinha que dei na internet. Até parece que o pão picante sempre existiu porque pra todo mundo que eu perguntava, a pessoa dizia: ?Ah, fia, tem pão picante lá em casa desde que eu me conheço por gente!? E, de acordo com a idade dos meus pesquisados, posso garantir que é um prato sexagenário!

A fessora de confeitaria da faculdade de rango da Univali, a coxa-branca Cacilda Vogel, 60 anos, conta que era muito comum em Curitiba o pão picante, mas lá se chamava torta fria. ?É o prato dessas festas de família que eu mais gosto. Ao contrário do empadão, que tem a massa muito gordurosa, a torta fria é refrescante, leve, ótima pro verão!?, recomenda. Ela disse que pra deixar o prato ainda mais láit, já que tá todo mundo de dieta, dá pra misturar iogurte natural na maionese, o que deixa o prato ainda mais refrescante.

De norte a sul, leste a oeste

Cacilda não sabe quem inventou o prato, mas acredita que é um daqueles felizes exemplos de receita que nasceu do acaso. ?Acho que alguém juntou o que tinha em casa, como resto de queijo, presunto, colocou com maionese no pão e pronto, tava criada a torta fria!?, chuta. Lá em Curitiba, o hábito é fazer o prato com picles, maionese e queijo, e ela dá uma dica: ?Nunca encharque demais o pão com água de pepino. Rege levemente só as últimas camadas. Pra sofisticar, dá pra decorar com maionese no bico de confeitar?, sugere.

Outra culinarista, Alê Patino, 41, conta que a mãe era confeiteira na pequena Ribeira, no oeste do estado, e costumava fazer o pão picante com beterraba e cenoura, uma em cada camada, o que fazia o prato ficar colorido e atrativo pra criançada. E também usava queijo e presunto ralado até porque tem muita indústria de frios por lá. É esta mesma receita da infância que ela prepara para os clientes da padaria que tem no centro, pertinho do DIARINHO.

Uma cunhada de Urussanga fazia uma variação sobre o tema, que se tornou um hit nas festinhas de família. Ela colocava camadas de pão de fôrma branco numa assadeira funda e fazia três camadas, sempre usando maionese como base: amarela (com cenoura), verde (com pepinos) e roxa (com beterraba). Só que não rolava cobertura. Ela apertava o sanduba tricolor com uma toalha úmida e colocava na geladeira de um dia para o outro. Depois, cortava em quadrados e espetava com um palito. Era um sucesso!

Uma cumadi minha, que é gaúcha, costuma usar recheio de frango. Já no litoral, atum e sardinha são os recheios mais usados. Tem ainda aqueles que cobrem com purê de batata, batata palha, faz flores de tomate, decora com salsa, caminho de milho e ervilha, enfim, o que a imaginação permitir. Chamado de retrô, vintage e até brega, o pão picante pode não ser chique, mas tem aquele sabor de nostalgia que faz a gente viajar sem passaporte. E bom apetite!

Torta fria de camarão

torta-fria-camarão

Ingredientes

1 cebola

2 tomates

1 xícara de água

2 cenouras médias raladas

1 colher de azeite

1/2 vidro de leite de coco

2 tabletes de caldo de camarão

250 gramas de maionese

1 lata de creme de leite

2 latas de atum

Modo de fazer: Fazer um refogado de atum com cebola, tomate, caldo. Misturar o refogado frio com os demais ingredientes que foram liquidificados e fazer camadas alternadas com o creme e fatias de pão de forma sem casca, terminando com o creme. Deixe na geladeira de um dia para o outro, apura mais o sabor e o pão fica mais encorporado ao recheio, pois fica mais molhadinho. Decore como quiser.

Torta fria colorida

Sanduiche-colorido

Ingredientes:

1 pacote de pão de forma ou para torta fria sem casca

250 g de presunto

6 ovos cozidos e picados

300 g de azeitonas verdes desencaroçadas

1 colher (sopa) de mostarda

Requeijão de copo

Maionese comprada pronta ou feita em casa

Sal e pimenta a gosto

Modo de fazer: Recheio 1: Bata no liquidificador o presunto e misture com a maionese. Tempere com sal e pimenta. Recheio 2: Pique bem os ovos ou esmigalhe-os com um garfo. Misture maionese e uma colher rasa (sopa) de mostarda. Recheio 3: Pique as azeitonas e junte duas colheres cheias de requeijão e uma de maionese. Depois é só montar as camadas intercalando os recheios.

Pão picante de frango

pão-picante-frango

Ingredientes

- 1 pão de forma

- 1 peito de frango cozido

- 2 cebolas médias

- 3 dentes de alho

- 3 tomates

- 1 colher de extrato

- Cheiro verde a gosto

- 1 lata de milho verde

- 1 lata de ervilha

- 1 vidro pepino

- 1 vidro palmito

- 1 copo de guaraná

- 1,5 kg de batatas cozidas

- 1 ovo inteiro

- Batata palha

Modo de preparo: Fazer um refogado com frango, cebola, o alho, tomates e extrato. Deixe esfriar, junte o pepino, o palmito, o milho e a ervilha. Coloque o pão numa bandeja, regue com o guaraná. Coloque uma camada do frango e alterne até o final. Com as batatas, faça um purê e cubra a torta. Salpique com batata palha.

Torta fria de atum

torta_fria-atum

Ingredientes

- 1 pão de sanduíche

- 6 colheres de maionese

- 2 latas de atum ralado

- 1 colher de catchup

- 1 colher de mostarda

- ½ cebola ralada

- 1 xícara de ameixas

- 2 colheres de açúcar

- 1/2 xícara de água

- 1/2 xícara de queijo parmesão ralado

- 2 colheres de cebolinha

- 1 xícara de leite

Modo de preparo: Misture as ameixas com o açúcar e água, leve ao micro-ondas por 5 minutos. Desmanche as ameixas e deixe esfriar. Misture o atum, a maionese, o catchup, a mostarda e a cebola. Monte a torta em camadas de pão molhado no leite e atum, sendo a camada do meio a de ameixa. Cubra com maionese e decore com queijo e cebolinhas.

Sanduichão Natural

sanduichão-light

Ingredientes

14 fatias de pão de forma integral

150 g de ricota amassada

150 g de peito de peru

3 colheres de uva-passa

1 xícara de salsão picado

1 cenora grande ralada

1 beterraba ralada

Maionese light

Modo de Fazer: Forre o fundo e laterais de uma forma com papel alumínio. Forre o fundo com fatias de pão integral. Misture o peito de peru, a ricota, uva-passa, o salsão, a cenoura e a beterrada, maionese e prove o sal. Espalhe esse recheio sobre o pão. Cubra com mais pão. Cubra com papel alumínio e leve para gelar por quatro horas, no mínimo. Desenforme, cubra com as duas colheres de maionese, esticando-as bem. A torta dá 12 porções, com 116 calorias cada.

  •  

Deixe uma Resposta