• Postado por Tiago

G---Semasa-3---estação-de-tratamento---20-10

Estação do São Roque vai passar por uma faxina pra guentar o verão

O Semasa pode deixar o povão de Itajaí e Navegantes na maior secura no domingo. A previsão da autarquia é que não pingue água na torneira do povão das 5h da matina às 13h. Por isso, galera, o jeito, pra quem não tem caixa d?água, é guardar água em baldes, garrafas plásticas de dois litros ou em tudo quanto for pote que tiver em casa.

O motivo da secura é a limpeza numa adutora de água bruta do bairro São Roque. E é justo esta máquina que liga todas as estações de captação e de tratamento do líquido precioso. O assessor do Semasa, Murilo José, diz que a limpeza precisa ser feita todo ano, na época que antecede a temporada forte de verão. ?Como já está tendo dias muito quentes, preferimos fazer este ano já em novembro, antes que o consumo de água aumente ainda mais?, sisplica.

Murilo José ainda disse que, se eles tivessem limpado a adutora em junho, por exemplo, o troço ia estar todo sujo até dezembro, o que não resolveria o problema. Às 4h da madruga de domingo, então, vai ser colocada uma esponja gigante, que vai percorrer toda a tubulação da adutora, em um sistema que se chama Polly Pig, lembrando que pig no inglês é porco. A esponjona retirará toda sujeirada, o que garantirá um ganho de cerca de 60 litros de água por segundo.

Navega

Como Navegantes depende da água da city peixeira, os dengo-dengos também terão que economizar água no domingão. A diretora do departamento de Água e Esgoto (DAE) diz que é melhor que essa limpeza seja feita no domingão, porque se rolasse em um dia de semana poderia atrapalhar o desempenho de muitas empresas da região. ?E, no domingo, as pessoas não fazem muita limpeza?, afirma.

A assessoria do Semasa ainda avisa que Navega não ficará na secura mais tempo do que Itajaí. ?A partir do momento que começar em Itajaí, a água vai para Navegantes. Talvez só a pressão não seja a mesma coisa?, observa Murilo. A situação pode ser igual nos bairros Fazenda, praia Brava e Cabeçudas, em Itajaí, que dependem da economia de água do povo do centro, pra que ela chegue mais rápido por lá.

  •  

Deixe uma Resposta