• Postado por Tiago

Os tiras da polícia civil de Tijucas divulgaram sábado o retrato falado de um dos bandidos que meteram quatro tirombaços no taxista Nelson de Oliveira, 55 anos. O crime rolou na madrugada de segunda-feira, 11, mas só foi possível fazer o retrato falado de um dos suspeitos, com a prisão do comparsa dele.

Joel Zancheta Lopes, 28 anos, recebeu um par de algemas em Indaial, no médio vale do Itajaí, e teria dado a descrição do comparsa, um tal de Rodrigo Ribeiro Chagas, conhecido com Bexiga.

Na noite dos crimes a dupla de assaltantes chamou o taxista para uma corrida, mas mal o motora deu a partida na caranga foi rendido e jogado no banco de trás. Os caras meteram uma sacola plástica na cabeça de Nelson, e exigiram o dinheiro de um dia de trabalho.

Como o motora tentou reagir, os bandidos meteram bala no couro do coitado. O primeiro tiro saiu mascado. Depois, eles teriam dado mais quatro tiros no coitado do motorista.

Apesar da violência, o motorista conseguiu sobreviver pra contar a história para os tiras da terra do pirão com linguiça. Nelson esperou os bandidos tomarem Doril, pra chegar a uma casa e pedir ajuda. Ele foi socorrido, levado ao hospital de onde foi liberado uma semana depois.

Dedo duro

Joel foi preso em Indaial e no depoimento, entregou o parceiro. O traste disse que foi Bexiga que meteu bala no lombo do taxista. Pouco depois do depoimento, a polícia recebeu uma pista de que o bandido morava no bairro Jardim Progresso, em Tijucas.

Quando os homis chegaram à suposta moradia do bandido, não tinha nem sombra do sujeito. Os tiras trabalham com a possibilidade de que o bandido tenha se enfiado em um dos morros da Capital.

  •  

Deixe uma Resposta