• Postado por Tiago

Um semvergonha que andava rondando os colégios de Balneário Camboriú e fazia justiça com as próprias mãos enquanto espiava as guriazinhas nas salas de aula foi em cana ontem de manhã. B.B.S., 27 anos, foi reconhecido por uma das vítimas de suas bizolhadas, e vai responder processo por conta da sacanagem.

Já fazia algumas semanas que a puliça Militar vinha recebendo denúncias de que um safado parava seu carango, um Peugeot 206, preto, em frente às escolas da city, ficava peladão e lascava um cinco contra um na maior cara-de-pau. Os milicos tentaram várias vezes guentar o semvergonha, mas ele sempre dava um jeito de siscapar.

A última aprontada do cara tinha sido na sexta-feira de manhã, quando ele estacionou em frente ao colégio João Goulart, na rua 1500, e acariciou as partes pra quem quisesse ver. Ontem, o traste resolveu repetir a dose, mas desta vez procurou o colégio Laureano Pacheco, que fica na rua Julieta Lins, bairro Pioneiros.

A dimenor L.R., 16 anos, viu B. com a mão no pingolim e não teve dúvidas: avisou à puliça Militar. Os milicos viram a chance de finalmente botarem as mãos no taradão e pintaram nos arredores da escola rapidinho.

B. tava dentro do Peugeot preto, de placa DIU 2050 (São Paulo), que tava estacionado. O cara tava vestido, mas foi reconhecido pela aborrescente e foi levado pra depê da Muié. Como a carteira de motora do rapaz tava vencida, seu possante foi guentado e levado pro pátio, no bairro Taboleiro, em Cambu.

  •  

Deixe uma Resposta