• Postado por Tiago

A noite de domingo foi de preju pros traficas de plantão. Mais de 64 pedras de crack foram tiradas de circulação em dois atraques. Um deles rolou em Porto Belo onde foi apreendido com um trafica 57 pedras do demo. Quase na mesma hora, em Camboriú, um trafica-mirim foi enjaulado com mais sete pedras.

Pelas 21h, os meganhas em ronda colaram ao lado do Carlos Davi Souza, 32 anos, que tava debruçado no portão da casa 287, da rua João Carlos Rebello. O carinha nem quis pagar pra ver e simandou correndo pra dentro da baiuca. Como correr de tira é coisa de bandido, os policiais não pensaram duas vezes e simandaram atrás do suspeito.

Ele recebeu o teje preso na porta de casa. Com Carlos foram encontradas as 57 pedras do capeta embaladas e prontinhas pra venda. Foram apreendidos ainda R$ 40 em notas miúdas, que é uma das características do tráfico. De dentro da casa ainda foram recolhidos aparelhos celulares, de MP3 e máquina fotográfica que podem ter sido furtados e usados como moeda de troca dos viciadinhos pra comprar a drogalhada. Com o flagrante, Carlos estreou a ficha por tráfico e foi mandado pra trás das grades.

Quase na mesma hora foi a vez de um dimenor cair por tráfico de drogas em Camboriú. Milicos em ronda abordaram quatro moleques que tavam de papo pro ar na rua Monte Pirineus, no bairro Monte Alegre. O aborrescente melou a cueca e picou a mula, mas foi guentado pelos milicos.

  •  

Deixe uma Resposta