• Postado por Tiago

A polícia Civil de Barra Velha tá encarregada de investigar e desvendar dois estupros que rolaram na região. O primeiro aconteceu no começo da noite de sábado, quando uma deficiente mental teria sido abusada. No domingo, um casalzinho foi assaltado no bairro Tabuleiro, e a guria de 14 anos foi levada até as Piçarras, onde foi violentada. O caso tava na depê de Piçarras e deverá ser repassado hoje pra Barra Velha.

Por volta das 17h30 de sábado, S.C., 17 anos, que tem retardo mental e ataques de epilepsia, saiu de casa para fazer umas comprinhas numa mercearia, no bairro Itajuba. Como ela demorou para voltar, o pai N.T., 51, e o seu mano W.T., 28, ficaram preocupados e saíram para procurá-la.

O mano encontrou a guria nua, deitada no chão de uma escola abandonada às margens da BR-101, com Jaisson de Borba, 30, ao seu lado. O mano partiu pra cima do sem-vergonha e desceu na porrada. Jaisson, a vítima e os familiares foram levados pra sisplicar na depê. O mequetrefe não quis abrir a boca e disse que só fala em juízo. Já a menina disse ao dotô que ela já tinha namorado com Jaisson, mas a informação foi desmentida pelos familiares.

Agora, a Civil não tem certeza se realmente rolou o estupro. Os tiras estão esperando o laudo do IML para confirmar a safadeza. Enquanto isso, Jaisson tá mofando na apertada cadeia pública da Terrinha do Pirão.

Vítima saiu ontem do hospital

A menina que foi estuprada na madruga do domingão em Piçarras, G.S. 14 anos, saiu ontem do hospital. Ela ainda tá em estado de choque e passou por uma porção de exames. A polícia vai fazer o retrato falado do estuprador, logo após a vítima e o namorado prestarem depoimento.

G. e o namorado tavam no maior love no Clio, placa DRC 9941 (Barra Velha), na praia do Tabuleiro. O bandido chegou, rendeu os dois, amarrou o cara com uma camisa e o abandonou num matagal. Depois levou a pobre até um matagal na rua Pescada, no bairro Norte das Piçarras, onde cometeu a safadeza.

  •  

Deixe uma Resposta