• Postado por Tiago

A puliça Militar de Balneário Camboriú acabou com a farra de uma dupla de sacoleiros que tava com o carro abarrotado com 200 pacotes de cigarros fuleiros, sapatos e brinquedos made in Paraguai. Eles foram grampeados e levados pra delegacia da polícia Federal em Itajaí. A carga tinha sido trazida de Foz do Iguaçu, e os federas acreditam que seria distribuída pelo comércio da região.

Os meganhas tinham acabado de montar uma barreira na rua 3300, na quinta-feira, quando um espertinho tentou siscapar da bizolhada. Assim que deu de cara com os milicos, o motora do Gol, placa LZW-9541 (Itajaí), tratou de estacionar o carango e evitou passar pela blitz.

Desconfiados, os policiais resolveram chegar junto pra dar uma geral. Bastou uma olhada pela janela pra perceberem que o Gol tava recheado de contrabando. Era uma renca de carteiras de cigarros fajutos, sapatos de vários modelos e tamanhos, e brinquedos como boias e bonecas.

O motora do carro, J.S., 45 anos, e o caroneiro A.P.A., 56, que são de Foz do Iguaçu, foram grampeados e levados de carona até a delegacia da PF peixeira, onde tiveram que sisplicar. O delegado Thiago Giavarotti contou que a dupla foi enquadrada por contrabando e descaminho, o que pode render até oito anos de prisão.

Os sacoleiros foram liberados pra responder processo em liberdade, mas vão ter que acertar as contas com a dona justa. A mercadoria guentada foi levada pra Receita Federal, onde será feito um laudo pra dizer exatamente de onde vieram e quanto valem.

  •  

Deixe uma Resposta