• Postado por Tiago

No Portal da Transparência, página da internet criada pela controladoria Geral da União (CGU) pra mostrar ao povo os gastos públicos, consta a informação que o ex-prefeito Volnei Morastoni (PT) foi cedido pelo ministério da Saúde pra trampar na câmara dos deputados em 2006, bem na época em que ele era prefeito de Itajaí. O site informa que o ex-prefeito não se licenciou do cargo e tinha que trabalhar 20 horas por semana em Brasília e ainda dar contra de tocar a prefa peixeira.

A informação, no entanto, não é confirmada pela câmara dos deputados, que tem registro de contratação do ex-prefeito somente no ano passado, quando ele foi nomeado como secretário parlamentar do deputado Décio Lima (PT). O DIARINHO tentou contato com o povo de Brasília que cuida do Portal da Transparência, mas ninguém atendeu aos telefones na CGU.

  •  

Deixe uma Resposta