• Postado por Tiago

Movimento-conteiner-Porto-Itajai-(36)

Em todo o país, exportamos mais do que importamos dos gringos

A administração do porto de Navegantes (Portonave) pretende chegar esta semana à marca de 50 mil contêineres movimentados este ano. O número é expressivo, se considerarmos os problemas com o assoreamento do canal da barra ocorrido a partir do final de novembro do ano passado.

?Recebemos este ano 170 navios, mas eles têm entrado e saído com pouca carga do terminal devido às condições do canal de acesso?, pondera Renê Duarte, diretor superintendente-operacional do terminal dengo-dengo.

Na quinta-feira, a administração do Portonave comemorou a chegada do cargueiro Cap Norte, de 220 metros, da companhia alemã Hamburg Süd e que faz a linha Estados Unidos-Brasil. O navio foi o de número 500 a atracar no cais do porto navegantino, desde sua fundação, em outubro de 2007. Setenta quilos de bolos foram distribuídos entre funcionários e operadores portuários.

Otimismo

Do outro lado do rio, a administração do porto de Itajaí anuncia o crescimento das operações no cais público e no terminal privado do Teconvi. Na primeira semana de maio, a carga e descarga de cinco navios resultaram numa movimentação de 31,76 mil toneladas de cargas.

Com base na programação de chegada de novos cargueiros, a administração do porto peixeiro prevê que o volume de carga ultrapasse as 160 mil toneladas. Um crescimento de 15% em relação a abril.

Balança comercial positiva

As boas notícias se estendem a todo país. O Ministério do Desenvolvimento da Indústria e do Comércio (MDIC) anunciou que em abril a balança comercial brasileira foi positiva. Ou seja, vendemos mais do que compramos dos gringos. A diferença foi de 3,7 bilhões de dólares. Ao todo, foram movimentados 20,9 bilhões de dólares entre mercadorias que saíram e chegaram ao Brasil.

  •  

Deixe uma Resposta