• Postado por Tiago

INTERNA_base_carga-navio-porto-de-Itajaí_divulgação-ronaldo-silva

O porto de Navegantes (Portonave) completa quarta-feira dois anos de atividade com números que surpreendem e causam inveja nos terminais do outro lado do rio Itajaí-açu. Mesmo com a crise internacional, que deu um baque em todo o sistema portuário brasileiro, e com a enchente de novembro de 2008, que assoreou o canal de navegação, o porto dengo-dengo cresceu 67% em relação ao ano passado.

No cais do Portonave, até setembro deste ano, já haviam atracado 772 cargueiros, que movimentaram nada menos que 294 mil 262 contêineres. ?Mais do que contêineres, movimentamos a economia da região e contamos hoje com uma das equipes mais treinadas e especializadas da infraestrutura portuária do país?, sigaba Osmari de Castilho Ribas, diretor superitendente do porto de Navegantes.

Castilho pode encher a boca pra fazer em movimentação da economia da cidade. A arrecadação do ICMS de Navega, em 2008, foi de R$ 31 milhões. Há quatro anos, a pequena cidade de 50 mil habitantes não arrecadava mais do que R$ 2,4 milhões de imposto sobre circulação de mercadorias.

Os investimentos para a construção do Portonave chegam a R$ 459 milhões. Se for contar a Iceport, aquela geladeira gigante que fica ao lado do terminal, o número de empregos diretos oferecidos é de 744.

  •  

Deixe uma Resposta