• Postado por Tiago

O aniversário de Balneário Camboriú foi recheado de atrações. Nem a gelada manhã de ontem impediu o povão de acordar cedinho e dar um pulo na rua 3100 no centro pra provar o bolo do niver. O doce de 45 metros de comprimento, referente aos 45 anos do município, foi feito na parceria por comerciantes da região. Pra rolar o festerê, a via ficou bloqueada durante toda a manhã.

O bolo levou três dias pra ser assado e cinco horas pra ser montado. Debaixo da tenda armada no meio da rua, padeiros e confeiteiros de uma padoca do bairro da Barra começaram a meter a mão na massa pelas 23h de domingo. Vararam a madruga fazendo o doce, o recheio e a cobertura.

A delícia só ficou pronta as 6h de ontem, minutos antes do povão chegar pra devorar tudo. Foram usados três mil ovos, 200 kg de farinha e açúcar e 130 litros de leite. Mas quem pensa que o bolo de mais de metro é simplinho está muito enganado. O doce contou com quatro tipos de recheios: uva, maçã, creme e doce de leite com amendoim.

Cerca de duas mil pessoas passaram por lá pra provar a delícia. Entre elas estava a diarista Silmara Dias de Oliveira Souza, 39 anos. Depois de ouvir uma propaganda boa da sua sogra, a mulé tratou de levar os seus filhotes, Geovana Letícia de Souza, três anos, e Gustavo Henrique de Souza, 11. “Minha sogra disse que ano passado estava muito gostoso e vim aqui pra conferir isso de perto”, conta.

Pra evitar o avancê do povo, um cordão de isolamento foi passado em torno da barraquinha. Assim o bolo foi cortado e as fatias servidas aos poucos pro povão. O prefeito Edson Periquito e os puxa-sacos de plantão participaram da festinha. Os meganhas também trataram de dar umas voltinhas por lá pra garantir a segurança e guardinhas da companhia de desenvolvimento e urbanização (Compur) bloquearam os acessos dos carangos.

  •  

Deixe uma Resposta