• Postado por Tiago

O nível do rio subiu na madrugada de ontem e deixou muita gente apavorada em Tijucas. Na localidade de Nova Descoberta, as entradas e saídas ficaram bloqueadas pela água. A comunidade pediu ajuda aos vermelhinhos, mas, como a maré tava braba, tiveram que esperar até amanhecer. Só depois que o nível da água baixou um pouco eles foram resgatados.

Já na região da Itinga, 10 famílias tiveram que ser retiradas de suas baias. Como por lá o rio encontra o mar, a força da correnteza é grande e invadiu as baias próximas. Os bombeiros tiveram que resgatar o povo de madrugada, pra evitar uma desgraceira. Ontem, o pessoal tava abrigado no salão paroquial da igreja do bairro.

Embora o susto tenha sido grande, a quantidade de água dentro das casas não chegou a 30 centímetros. A comunidade quase não teve seus móveis atingidos, já que foi avisada com antecedência. “Nós havíamos passado e avisado que a maré ia encher. Mapeamos a região e estamos monitorando desde sexta-feira”, conta o soldado Luiz Carlos Veronezi.

Volta ao normal

Em Cambu, a região mais atingida foi a zona rural, principalmente a estrada geral do Braço, que tá intransitável. “Tivemos bueiros inteiros arrancados no interior que não davam conta da vazão da água”, conta a prefeita Luzia Coppi Mathias. Na região central, o maior problema é no bairro Monte Alegre. Os bueiros não fazem o escoamento e a água fica empoçada. Mais de 10 ruas ficaram alagadas com a chuvarada de segunda-feira. A situação só melhorou ontem quando São Pedro deu uma trégua e a água pode escoar.

Pelas contas da prefa, 60 famílias precisam de uma garibada em suas baias, depois do aguaceiro. Outras 50 casas tão em situação de risco. Pra ajudar estas pessoas, a defesa civil de Camboriú precisa de doação de tijolos, telhas e madeira. Quem quiser dar uma mão pode ligar pro (47) 3365-1311.

Em Balneário Camboriú e Itapema a água que tava acumulada em algumas ruas escoou e a situação voltou ao normal ontem.

  •  

Deixe uma Resposta