• Postado por Tiago

INTERNA-10-ABRE-g---sem-poste-no-tabuleiro---edemar----brigitte-bardot-(5)

Edemar já foi assaltado na escuridão

As ruas do bairro Taboleiro, em Camboriú, estão viradas num breu. No fim da rua Marmeleiro, uma das principais do bairro, é praticamente impossível transitar à noite, pois falta poste de luz. As ruas paralelas também ficam escuras pacas porque falta manutenção da iluminação pública. Apesar de viver na escuridão, o povão que mora na região ainda é obrigado a pagar a taxa cobrada pela Celesc pra iluminar a rua.

Quando a noite chega, quem passa pela rua Marmeleiro é obrigado a andar na escuridão, do trecho entre as ruas Tereza Evangelista Gonçalves e Emanuel Inácio Linhares. Como não há poste por lá, as ruas ficam viradas num antro da bandidagem. ?Como é escuro e não dá pra ver nada, eu até já fui assaltado quando passava por aqui?, conta um motoqueiro que não quis se identificar.

O caminhoneiro Edemar Gasparim, 39 anos, afirma que todos os moradores da região pagam por mês a taxa de R$ R$ 12,55 cobrada pela Celesc pela iluminação pública. Conta que a comunidade já procurou a prefa, mas até hoje não recebeu sequer uma vela pra iluminar os seus caminhos. O homem ainda afirma que as lâmpadas de muitos postes das ruas paralelas estão queimadas. ?A luz poderia vir das ruas do lado, mas nem as lâmpadas dos postes de lá funcionam?, lascou.

O problema virou tema de indicação do vereador Antônio Paulo da Silva Neto, o Piteco, durante a sessão de terça-feira na câmara da city da pedra. O vereador pedinchou pra prefa que instalasse os postes por lá pra acabar com a escuridão da rua. ?Estas ruas são escuras, sem nenhuma segurança para as pessoas transitarem?, lascou.

Pelas informações repassadas pela equipe da Celesc da cidade da pedra, a empresa tem direito a cobrar a taxa de iluminação pública do povão. A pendenga só pode ser resolvida depois que a prefa sicoçar e instalar os postes por lá.

O secretário de administração de Camboriú, John Lenon Teodoro, garante que a colocação da iluminação pública deve chegar no Taboleiro nos próximos meses. Conta que a prefa tá fazendo a instalação em várias ruas do município e a Tereza Evangelista Gonçalves e a Emanuel Inácio Linhares já tão na fila pra receber a garibada. Desde janeiro, a prefeitura jura que já fez a instalação de 400 luminárias nas ruas da city.

  •  

Deixe uma Resposta