• Postado por Tiago

O berreiro foi pra reclamar da lamaceiro, buracada e esgoto a céu aberto

Os moradores da rua Rita Soares, pertinho do castelo do parque Beto Carrero World, na Armação, em Penha, se reuniram ontem para mostrar ao Zé Brodinho o estado que a prefeitura deixou a via em que moram. A vizinhança lascou o pau na prefa e como forma de protesto contra o lamaçal e os buracos promoveu um apitaço no meio da rua.

A dona de casa Márcia Romig, 40 anos, se queixou ao Zé Brodinho que toda vez que vai reclamar os bagrinhos da prefeitura anotam nome de rua, situação em que tá a comunidade, mas ficam só naquilo. Nunca aparecem pra dar um jeito na situação.

O comerciante José Sottomaior, 72, disse ao repórter especial do DIARINHO que em dias de chuva não se consegue andar na rua. Quando o sol pinta, como ontem, o problema passa a ser a buracada, que transforma a Rita Soares numa verdadeira pista de rali.

Seu Sottomaior reclamou ainda que a maioria das carangas que deixa o parque Beto Carrero faz o desvio pela sua rua, pra fugir de um sinaleiro que tem mais adiante. O grande movimento faz a situação piorar ainda mais. ?Teve gente até que voltou, porque não tinha condições de passar?, contou.

O aposentado Aristides Salvador, 74, também diz que ninguém consegue passar por lá, de tanto buraco e lama. Zé comprovou isso quando posou pra foto ao lado dos moradores. Foi custo atravessar o barrão.

Uma possível explicação pro estado lastimável veio da costureira Sueli Batista, 54. Ela acredita que a rua tá uma nojeira por conta da água que vem da parte de cima do loteamento. ?Ela vem de lá e já corre pra nossa rua. Alaga tudo?, explica.

A pequena Adriene Romig, de nove anos, não deixou barato e também meteu a boca na situação. ?Eu já tive que faltar à escola várias vezes porque não conseguia passar?, contou.

Esgoto fechado

Outra bronca dos moradores da rua Rita Soares é com o esgoto a céu aberto. Eles bufam com a catinga que infesta a região. A merdança fica acumulada no final da rua porque a prefeitura não construiu um sistema de esgoto. ?Tem é que tubular?, manda ver seu Aristides.

Começa na sexta

Ainda ontem de manhã, o diretor da secretaria de obras de Penha, Vilmar Oliveira, deu uma bizoiada na rua. ?Precária?. Esta foi a palavra usada pelo bagrão da prefa ao se referir à rua.

Vilmar se comprometeu em começar o trampo pra arrumar a via até sexta-feira. O problema da espera, explica, é que a escavadeira da secretaria tá quebrada e deve ficar pronta hoje. ?Quando liberar a gente já passa uma carrada de macadame pra depois patrolar?, afirmou. O macadame, acredita Vilmar, já resolveria boa parte dos problemas.

O esgoto a céu aberto vai precisar de uma avaliação mais técnica do pessoal da secretaria de obras.

  •  

Deixe uma Resposta