• Postado por Tiago

CAPA-ABRE---g---cidinha-em-navega

Todo mundo queria chegar perto da santa

O aeroporto de Navegantes virou zona ontem com o povaréu que se muvucou pra ver a chegada da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Os dengo-dengos fizeram até bandeirinhas pra saudar a padroeira do Brasil. A galera que descia dos aviões chegou a ficar assustada com a quantidade de gente que pintou por lá. Com cara de bobo, um olhava pro outro e perguntava o que tava rolando. Teve até quem pensou que artistas de Hollywood tavam chegando à Santa & Bela.

Já passava das 18h quando o voador da TAM pousou no aeroporto de Navega. A galera que esperava grudada na janela a chegada da santinha fez aquela barulheira quando a imagem desceu do avião. A imagem da padroeira veio direto de Aparecida do Norte, em São Paulo, e foi recebida pelas otoridades políticas e religiosas da região.

Os bagrões se trancaram numa salinha do aeroporto, onde do lado de fora só se escutavam os cantos e rezas em homenagem à santinha. Mas foi só a imagem pintar do lado de fora pra muvuca começar. Palmas, gritos e o povão enlouquecido pra pelo menos encostar o dedinho na Cidinha.

A comerciante Maria Júlia Santana, 37 anos, levou o filho de cinco anos até o aeroporto pra ver a imagem de Nossa Senhora Aparecida de perto. Usando uma camiseta com a pintura da santa, Maria chegou a chorar quando viu a escultura de Cidinha de perto. ?Eu tô toda arrepiada. Ela é linda?, disse.

Teve quem não poupou esforços em nome da fé. Rosa Esmeraldina Silva, 48, e Jair João Silva, 56, vieram de Camboriú pra acompanhar a chegada da santinha. O casal é católico fervoroso, daqueles que não falta uma missa aos domingos. ?Sem fé nada vai pra frente, né? E a Nossa Senhora é muito boa pra mim. Sempre atende os meus pedidos e eu sou grata demais. Por isso vale o esforço de estar aqui hoje?, disse Rosa.

Do aeroporto, a imagem da de Nossa Senhora seguiu no caminhão do corpo de bombeiros pelas ruas de Navegantes até o santuário da city, onde rolou uma missa. A santinha ficou o tempo todo nas mãos do bispo da diocese de Blumenau, Dom José Negri. Do ladinho permaneceu o prefeito dengo-dengo, Roberto Carlos de Souza (PSDB), esperando também receber aquela bênção.

A imagem da santinha fica em Navega até o fim da tarde de hoje. Quem quiser dar uma espiadinha é só ir até o santuário dengo-dengo, que fica quase em frente ao ferri-bote. A última missa com a presença da imagem é às 16h, depois a Cidinha segue pra Blumenau, onde serão comemorados os 10 anos da diocese.

  •  

Deixe uma Resposta