• Postado por Tiago

GERAL-2-BASE---g---Povão-cobra-promessa-na-câmara

Povão preocupado pintou na câmara ontem

Os peixeiros que tiveram suas casas interditadas com a enchente de novembro passado se uniram ontem e procuraram a Câmara de Vereadores de Itajaí pra cobrar promessa. A maioria das 48 famílias que estão em casas alugadas pela prefeitura desde o ano passado, tá com o contrato de seis meses de moradia vencendo hoje. Jandir Bellini prometeu um tal de auxílio aluguel pro povão até que as baias definitivas sejam construídas, mas até agora nada. ?O prefeito falou que o projeto do auxílio viria pra votação na câmara. Hoje descobrimos que o projeto nem chegou aqui ainda?, disse um dos desabrigados, Carlos Fernandes Ramos, 44 anos.

O não envio do projeto à casa do povo foi confirmado pelo chefe de gabinete da prefa, Edison D? Ávila. O bagrão disse que no fim da tarde de ontem, Bellini tava reunido com secretários pra definir o valor e o prazo do auxílio aluguel. A expectativa de D? Ávila é que o projeto seja entregue na câmara na segunda-feira e votado pelos vereadores na terça. ?A população que está com os contratos vencendo pode ficar tranquila, porque tem a garantia do prefeito no auxílio aluguel?, afirmou.

Mas é justamente essa tranquilidade que seu Jair Pereira, 61 anos, não tá conseguindo ter. Ele passou a noite de ontem em claro, preocupado com a situação. A casa onde ele morava, no bairro Nova Brasília, foi detonada com a enchente. Hoje, seu Jair, a esposa e dois filhos, um deles com deficiência mental, vivem na casa alugada pela prefa no Promorar e o contrato termina hoje. ?A dona da casa já me procurou querendo saber se vou renovar o contrato. Não sei o que responder. Até agora ninguém nos deu nenhuma posição concreta sobre esse auxílio aluguel?, reclama.

Há duas semanas, o prefeito Jandir Bellini disse que o auxílio aluguel será repassado pras famílias que perderam as casas na enchente até que baias definitivas sejam doadas à essas pessoas. O governo do estado se comprometeu a dar o terreno e o município terá que arcar com as despesas da construção. As casas, conforme relatou o prefeito, serão erguidas com o apoio de projetos habitacionais, como o do Instituto Ressoar, da TV Record.

  •  

Deixe uma Resposta