• Postado por Tiago

GERAL-2-BASE-g---faixa-elevada

Alguns motoras abusados aceleram quando veem a rampinha

A prefa modificou as faixas de pedestre elevadas do binário e da avenida do Estado, em Balneário Camboriú, pra facilitar a vida dos motoras, mas deixou o pessoal que anda diapé preocupado. Pra fazer os veículos diminuírem a velocidade, a prefa tinha bolado uma espécie de lombada quadrada e pintado em cima dela a faixa de pedestre. Com a reclamação dos motoras, a prefa arredondou as lombadas e agora os donos dos possantes passam por elas como se não tivesse nada no meio do caminho. A garibadinha rolou em todas as quatro faixas elevadas da avenida Martin Luther, o popular binário, e na avenida do Estado, pertinho do corpo de Bombeiros.

Pra diarista Maria Amanda da Rocha, 45 anos, a mudança traz perigo aos pedestres que tentam cruzar a via na faixa. Ela afirma que a nova forma deixou as lombadas gordinhas, como uma espécie de rampa que incentiva os motoristas a acelerarem. ?Já é um perigo andar por ali, agora a gente não vai ter mais como atravessar?, mandou.

A reportagem do DIARINHO esteve lá na manhã de ontem e entendeu o receio de dona Maria. No trecho da rua Itália ou do Cristo Luz, onde há sinaleira, os motoras até respeitaram, mas em frente à prefeitura o abuso rolou solto. Por lá, carangos, motocas e até caminhões não dão a mínima pra faixa e passam direto. Muitos até deram uma acelerada pra poder atravessar a rampinha.

O secretário de Segurança, Adelcio Bernardino, admite o receio que possam ocorrer acidentes com a mudança. ?Corremos o risco de haver mais imprudência, mas isso depende muito da consciência do motorista?.

Pra resolver o problema, o abobrão afirma que os guardinhas de trânsito têm feito blitz diárias pra orientar os motoras.

A galera da segurança e do departamento de trânsito pensou mil vezes antes de fazer as modificações, mas foi obrigada a atender aos pendinhos dos motoras que passavam por lá e corriam o risco de terem os carros detonados com os solavancos da faixa elevada. ?Eu mesmo fui fazer o teste e percebi que a rampa estavam com problema?, disse. Com a constatação, resolveu mandar os peões darem a garibada no início dessa semana.

Há a ideia de substituir a faixa comum pela elevada perto de colégios e de outras vias onde os motoras não respeitam os pedestres, mas o secretário afirma que ainda tá sendo feito um levantamento dos locais e não existe data pras modificações rolarem.

  •  

Deixe uma Resposta