• Postado por Tiago

Itajaí tem 89 veículos autorizados a levar a alunada pra cima e pra baixo

A prefeitura de Itajaí começa em 1º de fevereiro a vistoria na renca de documento das vans e microônibus que atuam no transporte escolar. Quem não tiver o carimbo de ok da secretaria de Urbanismo e da coordenadoria de Trânsito (Codetran) não vai conseguir a licença de transporte e não poderá levar a alunada pra cima e pra baixo. ?Este ano a fiscalização vai ser ainda mais vigorosa. Quem não estiver dentro da lei não vai conseguir trabalhar?, alerta Severiano da Costa, o Nene, presidente do sindicato dos Transportadores Escolares de Itajaí (Sintresi).

O prazo final da vistoria é 28 de fevereiro. ?Pedimos esse prazo pra prefeitura para que todos os motoristas e proprietários de vans tenham tempo de se legalizar?, diz Nene. Em Itajaí, 89 veículos tão autorizados a fazer o trampo de transporte escolar. Os 68 donos de vans ou microônibus que são filiados ao Sintresi tão livres da chatice de ter que enfrentar fila e balcão da prefeitura. Basta levar os documentos no sindicato, que a direção da entidade monta o processo de pedido de vistoria e encaminha o pacotaço à secretaria de Urbanismo. Quem não for filiado deve ir diretamente na prefeitura.

Nene explica que a licença para o transporte escolar sai automaticamente depois da vistoria. Se os documentos estiverem em dia, já a partir do mês que vem as vans e microônibus podem começar a atuar na atividade. São aproximadamente 2200 alunos carregados diariamente de casa pra escola e da escola pra casa, informa o presidente do Sintresi.

Veja a lista dos documentos pra legalizar a van escolar

Seguro APP com recibo de pagamento; registro de licenciamento do veículo; folha corrida criminal de quem fica na boleia da van ou do microônibus; curso de motora do Sest Senat; habilitação na categoria D; alvará de funcionamento; declaração do sindicato (pra quem é filiado); cópia da carteira de identidade do monitor (que é aquela pessoa que cuida da criançada no veículo); e cópia do CPF e da carteira de identidade do dono da van e do motorista.

  •  

Deixe uma Resposta