• Postado por Tiago

INTERNA_12_abre-principal_rua-silvério-gonçalves-Penha_foto-dona-mariquinha-(11)

Povão tá cabreiro. E não é por menos. Tão há quatro meses com a rua sem pavimentação

Ontem, o repórter Zé Brodinho foi conferir o estado da rua Silvério Gonçalves, na Armação, em Penha, a pedido dos moradores. Faz quatro meses que a prefeitura tirou as lajotas de mais da metade da rua para consertar uma tubulação e nunca mais recolocou. Resultado: a rua tá toda esburacada, cheia de poeira e os paralelepípedos tão jogados pelas calçadas. Um verdadeiro serviço diporco, como dizem os moradores.

O pintor Taurio Thompsen, 49 anos, tá revoltado. ?Essa rua era a mais bonita que tinha por aqui?, lembra. Júnior, 25, filho de Taurio, conta que a lambança da prefeitura foi feita em rápidos dois dias. A peãozada apareceu, retirou as lajotas e sumiu. Não fez qualquer outro serviço no local.

Pros moradores, a obra de troca das tubulações não era necessária porque a enchente de novembro do ano passado não atingiu a rua Silvério Gonçalves. Segundo eles, os burraldos da secretaria municipal de obras fizeram a cagada porque sequer conversaram com os moradores. Renato da Silva, 27, também mora na Silvério Gonçalves e confirma a sacanagem: ?Eles só vieram aqui e retiraram.?

Na frente de praticamente todas as casas tem um pouco de paralelepípedos amontoados. Quando foi limpar a calçada de sua baia, Renato acabou machucando um dos tornozelos depois de topar com uma das pedras. ?É uma vergonha essa situação da rua?, lasca.

A dona de casa Isolina Thompsen, 52, mostrou pro Zé Brodinho o seu carango, todo arrebentado por baixo. Toda vez que sai de casa reza pra não estragar mais o seu possante. ?Se não iam fazer, então que nem mexessem?, diz.

Dona Isolina aproveitou pra reclamar pro Zé Brodinho da poeirada que levanta toda vez que passa um carro pela rua.

Pra piorar a situação, uma cratera se abriu há várias semanas na parte da rua que ainda está calçada e até ontem a prefeitura não tinha aparecido pra arrumar.

  •  

Deixe uma Resposta