• Postado por Tiago

Oba-oba tava deixando os turistas cabreiros. Quem desobedecer a ordem pode ter a barraca desmontada

A prefa de Itapema resolveu acabar com a farra dos botecos que andavam armando barracas na areia da praia e acabando com o espaço da turistada. Os barnabés tão reforçando a fiscalização e quem não obedecer a ordem poderá ter a tenda desmontada e recolhida. Mas canetaço, que é bom, ninguém vai ganhar. ?Tem uma barraca sem ninguém na praia. Vamos multar quem??, carca o chefão das bizolhadas, Ronaldo Paulino.

A confusão começou quando o povão que tá visitando a city desandou a reclamar que não achava lugar pra abrir o guarda-sol e sijogar na areia. ?O problema é que a cidade tá lotada e as pessoas tavam chegando à praia às 9h da manhã e não achavam mais lugar?, conta Ronaldo.

Ao que tudo indica, as barracas eram um agradinho que bares e lanchonetes andavam fazendo pra conquistar a freguesia. ?Não temos como provar, mas acreditamos que seja isso o que tava acontecendo?, conta o mandachuva da fiscalização. O fato é que as baitas tendas ficavam boa parte do dia atravancando espaço e vazias.

Diante disso, os abobrões resolveram sicoçar e dar fim ao oba-oba. Ao todo, 18 fiscais ganharam a tarefa de brecar os abusos. Ronaldo diz que durante os próximos dias, no pico do movimento, o número pode chegar a 26. ?Quando precisa colocamos também o pessoal que faz serviço interno?, conta.

Os barnabés das bizolhadas dão voltinhas pela areia pra tentar identificar barracas que tão ali pra bonito, sem ninguém pra se esconder embaixo. As tendas são desmontadas e recolhidas, e depois levadas pro departamento de fiscalização. Quem quiser a proteção divolta, tem que ir buscar. Questionado se o esquema não vai facilitar a vida dos engraçadinhos que quiserem botar a mão na barraca dos outros, a resposta de Ronaldo é não. ?São no máximo quatro barracas desmontadas por dia. Não vamos ter esse problema?, acredita.

A medida vale tanto pros comércios quanto pros turistas folgados que armam as tendas de um dia pro outro e as deixam vazias, na maior cara dura. Quem quiser denunciar alguma sacanagem pra fiscalização pode avisar os barnabés através do telefone de plantão, número (47) 9152-5839. ?Não podemos permitir que as pessoas loteiem a praia?, diz Ronaldo.

  •  

Deixe uma Resposta