• Postado por Tiago

Tenda tava atendendo só 10 pessoas por dia

Um dia depois dos centros de atendimento da gripe porca fecharem as portas em Camboriú, a tenda de triagem de Balneário Camboriú também entrou na onda. Os atendimentos na barraquina da rua 1500 foram brecados pela falta de movimento no local. Pelas informações repassadas pela assessoria de imprensa da prefa, quem quiser tirar as dúvidas sobre a nova gripe terá que dar um pulo no postinho de saúde central.

Os atendimentos foram transferidos pra uma salinha dentro do posto da 1500. Pelas contas do pessoal da secretaria de saúde, o movimento por lá caiu bastante este mês. Há um mês, a tenda recebia por dia uma média de 150 pessoas, hoje os atendimentos diários não chegam a 10. Pros entendidos no assunto, a situação melhorou depois que a friaca braba foi embora. Também rolaram dias seguidos de chuva, o que espantou muita gente da rua.

Entre os dias 6 de agosto e 9 de setembro foram feitas mais de três mil consultas médicas e de enfermagem na tenda. Balneário teve sete casos da gripe porca confirmados. Uma destas pessoas era uma moça de 24 anos que morreu. Seis pacientes continuam internados no hospital do Coração e no Santa Inês com suspeita de tarem com o vírus H1N1. Apenas um deles está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em estado grave.

  •  

Deixe uma Resposta