• Postado por Tiago

GERAL-10-pardal

Pardais ainda não tão funcionando

A prefa de Navega instalou seis pardais na cidade pra frear os motoras mais apressadinhos. Cinco zolhidinhos vigiam a turma que trafega pela avenida Prefeito Cirino Adolfo Cabral, a beira-mar que liga o centro da cidade ao bairro Gravatá, e o último tá de olho no pessoal ligeirinho do bairro Machados. Esta é só a primeira metade dos 12 equipamentos já comprados pela prefa pra pegar no flagra quem não respeita o limite de velocidade nas ruas dengo-dengo.

De acordo com o secretário de Segurança e Defesa Social e responsável pelo trânsito de Navega, Joab Bezerra Duarte Filho, os pardais já foram comprados durante a gestão do ex-prefeito, Moacir Alfredo Bento, o Ci (PMDB), mas não tinham sido instalados até agora. O bagrão afirma que o pagamento dos equipamentos só vai rolar quando os pardais começarem a aplicar as multas. ?Resolvemos colocá-los agora pra alertar a população e não pegar ninguém depois de surpresa. Mas eles ainda não estão funcionando?, afirma o abobrão.

Pra que os zolhudinhos comecem a funcionar, falta instalar a rede elétrica, colocar o restante da sinalização dos pardais e chamar o Inmetro, que avalia e autoriza o funcionamento dos equipamento. Só depois disto, em mais ou menos 45 dias, a galera vai ter que se ligar pra não levar multa. ?Mesmo eles não funcionando ainda, já sentimos uma grande diminuição no número de acidentes na beira-mar durante a temporada. Quando funcionar, vai ajudar bastante?, sonha Joab.

Limite

O limite de velocidade nas ruas em que o pardal estiver de vigia será de 60km/h, diferente do limite das lombadas eletrônicas, que já estão instaladas na avenida há anos e multam todos que passarem acima dos 50km/h. Joab explica que este limite não será padronizado.

  •  

Deixe uma Resposta