• Postado por Tiago

Reforma do Irineu Bornhausen tá entre as prioridades da FME pra este ano

O perrengue do surfe camboriuense não é só porque a verba da lei não vai mais pra liga. Segundo Elder, a prefeitura perdeu alguns recibos da prestação de contas de 2006 da ASBC, comprometendo a situação do CNPJ da associação. ?Eu entreguei tudo, mas eles cobram uma dívida de cerca de R$ 40 mil?, diz. O ex-mandachuva da LERBC também afirma que tem como comprovar, mas que a FME não o recebe pra conversar e a questão pode ir pra dona justa. ?Nós não somos profissionais da contabilidade. Apresentei alguns recibos errados e não aceitaram, mas entreguei tudo certinho e os caras não me recebem. Sei lá o que eles fizeram com a papelada?, completa.

Sandro Bernardoni, superintendente da FME, diz que não tem nada a ver com a suposta inadimplência da ASBC e que, se eles estiverem devendo, quem tem que cuidar do caso é o Ministério Público. Mas o abobrão garantiu que a verba que era repassada pra LERBC está incluída no orçamento de R$ 1,2 milhão destinado à realização e apoio de eventos esportivos das 31 modalidades existentes na city. ?A lei autoriza, não obriga. Nós preferimos gerenciar esse dinheiro pra todas as modalidades do que repassar à LERBC?, explica o chefão.

O superintendente ainda afirma que serão gastos mais de R$ 1,9 milhões em manutenção e reforma de complexos esportivos, R$ 1 milhão na implantação do projeto de surfe Onda Perfeita, R$ 260 mil na compra de um ônibus, R$ 150 mil em construção de praças esportivas e R$ 100 mil em revitalização de espaços esportivos comunitários.

Com mais R$ 1,5 milhões, usados pra manutenção das atividades administrativas da fundação, o chefão da FME fecha o orçamento do esporte pra 2010. ?Ainda vou sentar com o prefeito e discutir a distribuição desse dinheiro. Quero dar prioridade para as reformas dos ginásios?, frisa.

Sandro também fala que os ginásios estão em péssimas condições de prática desportiva. ?Vai lá no Irineu Bornhausen pra ti ver o estado dele. Temos que deixar nossas quadras em condições apropriadas para a prática. Hoje, no estado que elas estão, facilmente uma pessoa pode sofrer uma lesão?, completa.

Prioridades da FME pra 2010

– Recuperar espaços esportivos municipais que não estão adequados pra prática esportiva;

– Conseguir transferir pro município os terrenos onde há ginásios e campos pra receberem recursos federais;

– Desenvolver escolinhas e melhorar as condições dos esportes de alto rendimento;

– Onda Perfeita – O projeto visa adequar o canto da praia do Buraco, que possui fundo de pedra, para formação de ondulações permanentes pra prática do surf;

– Reformas dos complexos – A prioridade é reformar os ginásios Irineu Bornhausen, assim como o ginásio Sérgio Lorenzato e fazer o preventivo de incêndio no ginásio Ivo Silveira pra promover eventos esportivos.

– Espaços comunitários – Manutenção dos campos de futebol e das quadras de areia.

– Praças esportivas – Criação da praça da Juventude, em parceria com o governo federal. Mas esse projeto só é viabilizado se a cidade tiver no mínimo 200 mil pessoas. Por isso, a ideia é fazer uma parceira com alguma cidade vizinha. Segundo o superintendente da FME, é preciso um terreno de 55 x 75m pra construir ginásio, quadra poliesportiva, pista de skate e uma área pra realização de eventos das diversas modalidades existente no município.

  •  

Deixe uma Resposta