• Postado por Tiago

O chororô do povão deve ser atendido até o próximo mês. Pelo menos é o que promete o secretário de administração de Camboriú, John Lenon Teodoro. O abobrão explica que semana passada foi escolhida por licitação a empresa que irá colocar as lâmpadas por lá. A Mercolux, de Itajaí, vai fazer o trabalho e dar uma garibada em toda a rede elétrica da cidade da pedra. “Já assinei a ordem de serviço. Vai começar no Rio do Meio nos próximos dias e já vai pra lá, naquela região que eles chamam de Canhanduba”, garantiu. Ao todo, devem ser instaladas 30 luminárias nas duas vias. O abobrão diz que as lâmpadas não foram instaladas antes por culpa da burocracia, que obriga a prefa a abrir processo licitatório pra realização do trampo.

A Mercolux também fará melhorias na rede elétrica e de iluminação pública de outras 64 ruas de Camboriú. A empresa tem 90 dias pra terminar os serviços e pra isso vai embolsar R$ 144 mil.

Quanto à taxa da Cosip, o pessoal terá que continuar pagando, mesmo sem receber luz. O gerente da Celesc de Camboriú, João Luis da Silva, explica que não existe isenção da taxa de iluminação pública. “Toda conta de energia que é cadastrada na Celesc já paga automaticamente a iluminação pública. Isso é previsto pela constituição”, explicou.

  •  

Deixe uma Resposta