• Postado por Tiago

O prefeito de Itajaí, Jandir Bellini (PP), tem uma solução pro rolo do depósito de bandidinhos que tá instalado mal e porcamente no bairro Cidade Nova: mandar a estrutura pra zona rural peixeira. A decisão foi tomada na manhã de ontem, numa reunião de bagrões municipais e integrantes de órgãos estaduais ligados à criança e ao adolescente. Bellini deu o prazo de duas semanas pro governo do estado apresentar uma proposta concreta pro perrengue.

O secretário de segurança do cidadão, Carlos Ely Castro, disse que os barnabés que vieram representando o governo estadual reconheceram as más condições do centro de internamento provisório (CIP) e se comprometerem a agilizar o caso. “No próximo dia 25 eles voltam com a proposta numa nova reunião que terá a presença do Ministério Público. O prefeito quer que todas as decisões sejam documentadas”, falou.

Carlos Ely contou que Jandir se comprometeu em desapropriar uma área rural pra abrigar o depósito de bandidinhos e, como contrapartida, o estado teria que realizar a construção do prédio. A estrutura usada hoje serviria pra montar algo em benefício da comunidade. “O CIP hoje é uma insegurança total. Estamos vivendo um conflito de localização. Temos que deixar de citar o CIP como depósito de jovens presos e investir na socialização”, afirmou o bagrão.

Para o secretário, o ideal seria interditar o atual centro até que o novo prédio fique pronto, mas Carlos Ely acredita que isso não será possível porque não há vagas pros menores peixeiros em outras cidades.

O administrador do CIP, Alceu Daud de Mello, falou que o projeto precisa ser muito bem pensado, já que quando o centro de internamento foi instalado no Cidade Nova também quase não existiam vizinhos. Ele acredita que montar a estrutura em área rural não é a solução definitiva. “O CIP tem que proporcionar segurança total pros internos e pra comunidade”, completou.

Alceu disse que o convênio firmado com o estado prevê a permanência de 22 menores no local, mas até ontem o centro abrigava 25. Mesmo assim, ele garante que todos os jovens que tão lá têm atividades educativas e lazer.

  •  

Deixe uma Resposta