• Postado por Tiago

O pior é que a sujeira fica na avenida principal da Barra

A obra da Quinta avenida de Balneário Camboriú, apesar de rolar no bairro dos Municípios, tem enfeiado a localidade da Barra, que fica praticamente no outro lado da cidade. O reclamo é de Sérgio Silva, presidente da associação de moradores da Barra, que não se conforma que as lajotas velhas, retiradas da avenidona, sejam despejadas bem no meio do seu bairro, como se o local fosse um lixão.

Por determinação da prefeitura, os entulhos são retirados da Quinta avenida e levados pela empreiteira Via Pav até um terreno na avenida principal da Barra. O que era antes o campinho de futebol da meninada tá virado numa espécie de lixão. A sacanagem rola há três meses. A área já foi totalmente tomada pelas lajotas. ?É uma vergonha. Está entrando o verão e ali é local que passa muito turista pra Laranjeiras [praia]?, alerta Sérgio.

Pro presidente da associação de moradores, as lajotas retiradas da Quinta avenida deveriam ter sido jogadas em um terreno do bairro dos municípios, que vai ser beneficiado com a reforma da estradona. ?Tudo que é coisa ruim vem pra Barra e a gente tem que aceitar quieto?, desabafou o líder comunitário.

Secretário vai jogar sujeira pros fundos do terreno

Valmir Pereira, secretário da Obras, alega que o terreno da Barra era o único disponível e com tamanho suficiente pra se transformar em depósito do material retirado da avenida. As lajotas têm que ser guardadas inteirinhas pra serem reaproveitadas em ruas que não têm calçamento.

O secretário garante que tá bolando uma estratégia pra evitar que o depósito deixe o bairro mais feio. ?Quero ver se faço uma remoção (das lajotas) pra trás do terreno, pra ver se dá um aspecto melhor?, prometeu.

  •  

Deixe uma Resposta