• Postado por Tiago

A grana pra tocar a 2ª etapa da rede coletora de esgoto sanitário de Itajaí foi garantida ontem, em Brasília, quando o prefeito Jandir Bellini e o diretor geral do Semasa, engenheiro Flávio Faria, assinaram o convênio com o Ministério das Cidades. O Semasa entra com a contrapartida de quase R$ 2 milhões e o governo com  R$ 39.937.675,09.

O dindim vem do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pra ser aplicado na construção da rede de esgoto,  estações elevatórias e no aumento de capacidade da Estação de Tratamento (ETE).  Ao todo serão 111 quilômetros de rede (50 em Cordeiros e 61 no São Vicente), 10 elevatórias e mais a ampliação da ETE. As obras devem começar no início do ano que vem.

A primeira etapa do sistema de esgoto sanitário de Itajaí já está sendo executada nos bairros praia Brava, Ariribá, Fazenda, Cabeçudas, centro e parte da Vila Operária, com previsão de conclusão no segundo semestre de 2010.

  •  

Deixe uma Resposta