• Postado por Tiago

Uma loja de artigos esportivos em São José, na Grande Floripa, foi invadida ontem de madrugada pela décima vez, apesar de o dono já ter gastado uma nota em equipamentos de segurança. Os gatunos encontraram uma janelinha sem grade e deram um preju de R$ 8 mil pro dono do comércio.

Cada vez que era assaltado, Gilmar de Souza botava mais um sistema de segurança na loja. Todos os vidros já tinham grades, alarmes, cercas, entre outros. Mas uma janelinha pequena na parte de cima da lateral da loja ficou sem proteção. Os mãos-leve quebraram o vidro e se meteram lá dentro. De acordo com os meganhas, eles arrombaram o cadeado da porta e esgarçaram todas as grades. Eles teriam deixado um comparsa no carro pra esperar o carregamento.

Os gatunos levaram todas as camisas oficiais do Avaí e do Figueira que tavam na loja, além de tênis e chuteiras de todas as marcas e outros artigos. No total, o proprietário avalia que tenha levado um prejú de 8 mil mangos.

O dono chegou a ter duas lojas na Palhoça, mas teve que fechar uma porque já não dava mais lucro, de tanto assalto. Ele reclama que, além de pagar todos os impostos e fazer da loja uma prisão de tanto equipamento de segurança, ainda tem que arcar todo mês com o prejuízo dos assaltos. Ele acha que a grana dos impostos deveria ser usada pra dar mais segurança pro comércio da região.

Sai pra lá!

Já em Balneário Camboriú, a vítima da vez foi o Bondindinho. Um vadio tentou meter um assalto no cobrador da carrocinha tranca rua assim que ele chegou na Barra Sul, no final da avenida Atlântica. O coletivo tava em movimento quando o sujeito abordou o trabalhadô e tentou rapar o dindim do caixa.

O buso parou na Barra Sul pro Marco Antônio Welasque, 23 anos, embarcar. O suposto passageiro entrou no veículo e ficou sentado, quietinho. Assim que o bonde andou, ele fechou os punhos, fez cara de mau e foi pra cima do cobrador que, intisicado pacas, reagiu. Deu um sossega leão no Marco e chamou a polícia militar, que levou o abusado pra trás das grades.

  •  

Deixe uma Resposta