• Postado por Tiago

Os moradores da chiquetosa praia do Estaleiro, em Balneário Camboriú, passaram a noite de sábado em claro. Tudo por conta de uma festoca de bacanas que rolou na pousada que pertence ao presidente da associação de moradores do bairro. O pessoal acusa o cara de não estar nem aí pros vizinhos e promete procurar o ministério público pra dedurar a sacanagem, mas ele garante que a brigaceira é politicagem da braba.

A barulheira rolou durante a noite de sábado, na pousada Guest House, que fica às margens da rodovia Interpraias, e deixou os vizinhos de queixo caído. “Era como se a música estivesse dentro da minha sala”, conta o jornalista Bola Teixeira, que mora a 700 metros do hotel.

O fuzuê era tanto, que até quem vive a alguns quilômetros de onde rolou a festinha não conseguiu dormir. “Já fizeram outras festas antes, mas nunca me incomodou, porque minha casa é longe. Só que desta vez foi um barulho impressionante. Eram duas horas da manhã e ninguém dormia dentro de casa”, conta Claudineia Wolf, que mora no morro que separa o Estaleiro da praia do Estaleirinho.

O que deixou a vizinhança mais intisicada foi saber que quem promoveu a bagunça foi o presidente da associação do bairro, Cláudio Schürmann. “Aquilo ali não é lugar pra festa. O pior é que soubemos que ele tem eventos como esse agendados até o final do ano”, reclama o morador Carlos Antônio dos Santos.

Ele diz que, não bastasse o som ensurdecedor, também rolou pouca-vergonha e desrespeito ao meio-ambiente. “Os carros estacionaram em cima de ninhos de corujas-buraqueiras. E, de manhã, tinha gente nua na praia”, revela. Carlos comentou que já procurou o ministério público federal, em Itajaí, e diz que vai dedurar a sacanagem ainda hoje.

Começou depois da eleição

O presidente da associação e dono da Guest House, Cláudio Shürmann, garante que a bagunça não foi tão grande como se pinta. “Tenho todo o tratamento acústico e laudo pra comprovar. A festa foi durante o dia, cortamos o som à meia-noite”, afirma.

Cláudio confirma que fechou negócio com um famoso balança-teta de patricinha pra dar festinhas durante o dia, uma vez por mês. “Quando tiver festa na Green Valley, vai ter festa na pousada”, contou.

Ele não acha que pega mal o presidente da associação de moradores promover festinhas. “Moro há sete anos no Estaleiro e todo final de semana tem festa na casa de alguém, que vai até de manhã”, carca. O cara diz que tão pegando no seu pé. “Antes de eu ser presidente da associação ninguém reclamava. Isso tá acontecendo porque a briga pela presidência foi muito grande”, diz.

Tem alvará

O responsável pela fiscalização de jogos e diversões na Maravilha do Atlântico, Jackson Luiz Huber, confirmou que Cláudio apresentou um laudo de sonorização antes de ganhar autorização pra fazer a festa. “O alvará dele, dado pela prefeitura, permite a realização de eventos”, afirma.

O mandachuva do setor de alvarás na prefa, Osnildo Albino, não soube dizer se a região do Estaleiro realmente permite festinhas de arromba. Ele prometeu bizolhar o caso.

  •  

Uma Resposta to “Presidente de associação de bairro faz festoca e deixa a vizinhança surda”

  1. 2oficio Diz:

    É uma vergonha mesmo, pois o mesmo se acha dono da Praia do Estaleiro. O imóvel do qual ele faz a festa não possui tratamento acústico nenhum e que o som não para à meia noite é pura mentira o que ele fala.

Deixe uma Resposta